INTERIOR DA IGREJA MATRIZ DÉCADA DE 1970

A igreja matriz de Nova Trento foi construída em dois anos – 1940 a 1942 (ver outras postagens relacionadas a categoria Centro e Igreja neste site) passou por uma grande reforma na decada de 1970. Os trabalhaos foram coordenados pelo Sr. Didi Feller. A mão de obra foi cedida pelas famílias que destinavam um ou dois filhos para compor as equipes de trabalhos diários. Na foto é possivel observar o púlpito, local onde o padre fazia o sermão. Na falta de microfones o púlpito facilitava que as pessoas ouvissem a prédica e era um momento de aproximação do padre com os fiéis . A missa era celebrada em latim e costas para o povo em reverencia ao santissimo. Na frente, onde tem o altar mor, havia uma espécie de cerca que separava este local tido como mais sagrado dos outros espaços da igreja. Quando foi construida a igreja era iluminada precariamente e na nave central é possivel observar janelas no formato de rebatedores de luz solar para dentro do espaço. A pintura na aprte central , e as inscrições em latim do , no teto, foram retiradas. Os altares foram mantidos pois compunham o ornamento de cada uma das extremidades da cruz que compoe o traçado arquitetonico da igreja.(Infelizmente a igreja perdeu , recentemente, um dos altares, foi retirado. Hoje quando se entra na igreja se vê o altar mor no fundo, um alltar lateral esquerda e uma porta na lateral direita, quebrando a harmonia entre três belíssimos altres entalhados em madeira, obra únicas.
Postagem: Jonas Cadorin

VALSUGANA – 1ª COMUNHÃO -anos 1980

Quadro que se encontra na sacrestia da Igreja da Valsugana. Neocumungantes fazem posam para foto com a catequista ( ? ) e o celebrante, vigário  Padre jesuita Otmar Jacob Schwengber. Mesmo sendo uma comunidade de interior é possivel observar a preocupação dos pais em paramentar devidadmente seus filhos e filhas para o evento. Os meninos de gravata e calça social, as meninas com coroa e véu, como se pequenas noivas. Reprodução da foto e postagem: Jonas Cadorin

PADRE CLÁUDIO JEREMIAS CADORIN

Cláudio Cadorin, filho de Jordão e Inez Gullini Cadorin, foi ordenado padre diocesano pelo bispo Dom Joaquim Domingues de Oliveira, no dia 04/12/1955 na igreja matriz São Virgílio, Nova Trento, no ano em que a paróquia comemorava 50 anos de fundação. Foto : Cláudio Bersi de Souza, capa do livro: Anjo da Humildade.
Foi vigario em Saõ João Batista,Ilhota e Barreiros.e Penha. Faleceu aos 63 de idade, 39 anos de ordenação, em Jacobina, interior da Bahia, onde estav atuando como missionário, no dia 30 de novembro de 1994. Foi sepultado no cemitério central de Nova Trento. Foto e postagem, Jonas Cadorin

HIC DOMUS DEI -1940-1942

 

thumbnail_20200312_115226

Uma saída de missa do domingo em 1988. Alguns rostos já partiram. No letreiro pintado  sobre a entrada da porta da igreja matriz: 1940 – HIC DOMUS DEI EST ET PORTA CAELI -1942 ( ESTA É A CASA DE DEUS ESTA É A PORTA DO CÉU. 1940 -1942 Tempo que durou a construção da igreja).  Foto: Othmar Seehauser e Bruna Dal Lago Veneri. 1988. Postagem e comentário: Jonas Cadorin

Um Prefeito,um Aluno, um Professor

2020-02-27 14.17.00

Formatura  na igreja matriz de Nova Trento de alunos do  colégio Francisco Mazzola(1976-77). Na foto o prefeito Eurides Batistti entrega o diploma ao formando do segundo grau, Jonas Cipriani ao fundo, sempre sorridente, o professor Janari Piva. Infelizmente os três já faleceram, cada um a seu tempo, deixando o sorriso como lembrança.                                                                                                                                               Foto: arquivo do Colégio Francisco Mazzola, Postagem: Jonas Cadorin

Amigos

WhatsApp Image 2019-12-07 at 10.22.13

Aníbal Piazza, Pedro Sgrott e Raul Piazza.

Se alguém souber quem sãs as mulheres, por favor, pedimos que coloquem nos comentários para atualização.

A foto foi feita ao lado de uma igreja, provavelmente a de São Virgílio.

Colaboração: Marilene Sborz Piazza

CASAMENTO DE MARIS STELLA CADORIN E JOSÉ DINIS DALRI

2019-09-27 14.49.09

Maris Stella, com um ramalhete de camélias. A camélia também era conhecida como a flor da fidelidade. A daminha de honra é  Zita Busnardo. Os casamentos, em geral eram celebrados aos sábados antes do meio dia. em seguida era servido o almoço e a festa se prolongava até o inicio da noite. a falta d energia elétrica fazia com que as festas terminassem cedo por este motivo aproveitavam a luz do dia. Ao fundo a antiga porta de madeira da igreja matriz com as iniciais da Companhia de Jesus – Jesuítas: AMDG (Ad Maiorem Dei Gloriam – Para a maior gloria de Deus)

Colaboração: Sidnei Zanella. Postagem e comentários: Jonas Cadorin

HOJE É DIA DE SÃO VIGÍLIO, BISPO MÁRTIR – PADROEIRO DETRENTO E NOVA TRENTO

20160704_103949

Bispo mártir de almas mil, Te veneram no Brasil. Nova Trento em ti confia… diz o hino. Vigilio nasceu em Roma no ano de 335, estudou,  foi sacerdote, bispo e  missionário na região do norte da Itália onde foi morto a pauladas e golpes de tamancos(slgamei, socoi) pelo moradores da Val de Rendena que cultuavam o deus Saturno.(San Vigilio provocou a ira dos  moradores ao celebrar uma missa num local onde havia uma estátua de saturno que ele arremessou no rio Sarca. algumas estatuas o apresentam com um tamanco na mão, lembrando seu martírio. Canonizado, San Vigilio é o santo patrono da Arquidiocese de Trento e da diocesse de Bolsano-Bressanone. A devoção ao santo foi trazida pelos imigrantes tiroleses/trentinos que colonizaram Nova Trento e que o aclamaram como padroeiro da Paróquia de São Virgílio (nome foi traduzido para o português). sua festa é comemorada no dia 26 de junho. Em nova Trento os nascidos nesta data recebiam o nome do santo. Muitos são os Virgílio de Nova Trento. Nas novenas preparatória de sua festa uma das procissões  era ados “Virgílios” onde o santo era levado por homens e meninos com o seu nome.

Foto e postagem Jonas Cadorin. estátua da igreja matriz de Nova Trento

 

ORDENAÇÃO SACERDOTAL DE VALOIS DALCASTAGNÉ – 1975

 

2019-05-27 11.48.50

Ordenação sacerdotal de Valois em 19 de abril de 1975 na igreja matriz de Nova Trento. Da esquerda para a direita: Laura, Inácio, Vicente, Terezinha, Valois, Ir. Melita, Luiz, Catarina, Hermínio.(O pai de Valois, José Dalcastagné, casado com Rosália Vicentini Dalcastagné, na ocasião, estava hospitalizado. Dona Rosália faleceu com 103 anos! Na data dessa postagem só a Srª Laura vive e reside no bairro de Claraíba.

Foto: Valois Dalcastagne. Postagem: Jonas Cadorin