1964 – OS METRALHAS

Da esquerda para a direita : O saudoso Isaías Tomasi, Antonio Gullini, Célio Valle, Sálvio Osmar Tonini, o saudoso Antonio Tomasi (Toninho), Inácio Marchi, e o saudoso Julcemar Guedes.

Crianças : algumas das crianças da esquerda para a direita : O saudoso Ari Antonio Bottamedi com a mão na orelha, Gilson Ceccato que aparece somente parte do rosto, Ademar Maçaneiro (Maninho, ao centro de camisa estampada), Ilson Assis Valle (Chico), Salvador Afonso Sgrott e Cesar Augusto Dell’Antonio.

O Sr de chapéu que está na janela observando as crianças dançarem é o saudoso Sr. João Gessele (Joanin) e o personagem que aparece num quadro moldurado é o saudoso Sr. Ador Dalbosco, que foi um dos presidentes da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H

Na época da Jovem Guarda quando começaram a surgir inúmeros conjuntos musicais pelo Brasil afora, a cidade de Nova Trento – SC., também tinha os seus conjuntos musicais destacando-se entre eles Os Metralhas e depois Os Batuskelas formado por jovens neotrentinos. Esses conjuntos animavam os bailes nos sábados à noite, as tardes dançantes de domingo e na época do carnaval os bailes carnavalescos na Sociedade Recreativa Humaitá e Sociedade Recreativa Primavera.

Na fotografia vemos o Conjunto musical Os Metralhas animando o carnaval infantil do ano de 1964, nas dependências da sede social da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H. – Nova Trento – SC.

da esquerda para a direita : O saudoso Isaías Tomasi, Antonio Gullini, Célio Valle, Sálvio Osmar Tonini, o saudoso Antonio Tomasi (Toninho), Inácio Marchi, e o saudoso Julcemar Guedes.

CRIANÇAS : Identificando alguma das crianças da esquerda para a direita : O saudoso Ari Antonio Bottamedi com a mão na orelha, Gilson Ceccato que aparece somente parte do rosto, Ademar Maçaneiro (Maninho), Ilson Assis Valle (Chico), Salvador Afonso Sgrott e Cesar Augusto Dell’Antonio.

O Sr de chapéu que está na janela observando as crianças dançarem é o saudoso Sr. João Gessele (Joanin) e o personagem que aparece num quadro moldurado é o saudoso Sr. Ador Dalbosco, que foi um dos presidentes da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H

Fonte:Godofredo L. Tonini (in perfil Facebook) Postagem Jonas Cadorin

CONJUNTO OS INSUPORTÁVEIS

De cócoras o saudoso Prefeito Municipal Sr. Aires Manoel Rachadel, que administrou o município de 1961 a 1965;
1ª fila : da esquerda para a direita : os saudosos Srs. Arthur Sgrott (clarinete), Aldo Bastiani (acordeon), Adulce Silva (pandeiro), Lino Cadorin(chocalho), Eloy Jose Tell e Rubens Darossi.
2ª fila : da esquerda para a direita : o saudoso Sr. Filinto Valle (clarinete), Dimas Tell (chocalho), o saudoso Sr. Jaime Voltolini (cavaquinho) e Aníbal Motta (acordeon)
A foto abaixo é do Conjunto Musical “Os Insuportáveis” formado por músicos neotrentinos, quase todos com passagem pela Banda Musical Padre Angelo Sabbatini.
Estavam abrilhantando uma festa caipira provavelmente no Colégio Estadual Professor Francisco Mazzola.
Esse conjunto de Insuportável não tinha nada, muito pelo contrário, era famoso e sempre requisitado para todas as festividades.
Foto e comentários: Godofredo L. Toninni Postagem : Jonas Cadorin

NOVA AGÊNCIA CORREIOS E TELEGRÁFOS NOVA TRENTO 1967

1967 – Inauguração da nova agência dos Correios e Telégrafos de Nova Trento à rua Santo Inácio durante o mandato de Prefeito do Sr. Pedro Piva Junior. Na foto, da esquerda para a direita: Anselmo Piccoli,carteiro, Benjamim Battisttoti,(casal sem identificação era o diretor dos Correios de Florianópolis e esposa,), Bernardina Piva Valle, João Valle,de terno preto e sem gravata, Oscar Valle gerente do correio em Nova Trento, Manoel Barauna, carteiro. Os dois carteiros eram veteranos de guerra, “pracinhas” do exército brasileiro que combateram ao lado das forças aliadas em Monte Castelo, Itália. ( No ano de 2020 a sede da agência foi vendida. Atualmente o correio funciona em um prédio alugado ao lado da pousada Giacomelli)

Foto: Fatos e retratos de Ademar e Samara Campos,p.80. Postagem e comentários: Jonas Cadorin. (Ajudou na identificação das pessoas a Srª Janete Piva)

Amigos em 1964

Centro de Nova Trento, ao lado da Igreja Matriz

Ano: 1946

Foto dos amigos:

Em pé: DOROTHÉA DALRI, ROSINHA ARCHER, ……….OLDERICO VALLE…..FELLER…

Colaboração: Selma Franzoi

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA -1960

110140621_929305667539138_8459132738185336737_o

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA – Colégio Normal Regional PIO XII – NOVA TRENTO
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE FEMININA :
Da esquerda para a direita as Sras : Vitoria Dalbosco Archer, minha saudosa irmã Ester Tonini Piazza, Sonja Piazera Archer, Marli Battisti, Aparecida Tridapalli Archer, Valéria Battisti Cipriani e Maria Aparecida Valle.
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE MASCULINA :
Da esquerda para a direita os Srs. Celso Tirloni, José Nilo Valle, Tadeu Busnardo, José Ângelo Voltolini, João Bertotti e o saudoso Benjamim Grott.
FUNDAÇÃO – Na década de 1960, o então Diretor do Curso Normal Regional Pio XII, o saudoso Sr. Fioravante Marchi, fundou o Grêmio Esportivo Pindorama, voltado para a prática de Voleibol pelos alunos (as). Existiam duas equipes de voleibol, uma masculina e outra feminina.
DISPUTAS – Os treinos e as disputas amadoras com equipes de outros municípios do Vale do Rio Tijucas, eram realizadas na quadra existente no pequeno pátio atrás do prédio escolar.
TORCIDA – Nos domingos a tarde, eram realizadas partidas de voleibol, com outras equipes visitantes. O comparecimento dos assistentes era enorme, a torcida era fanática, o pátio ficava superlotado, enfim uma grande festa.
ANTIGAMENTE – A prática de voleibol em Nova Trento antiga, e era levada a sério. Todos queriam ser os titulares, quer da equipe masculina, quer da equipe feminina.
MUDANÇA DE LOCAL – Por questões de logística funcional e educacional, o Curso Normal Regional Pio XII, passou a funcionar nas dependências do antigo Grupo Escolar Lacerda Coutinho, hoje, E.E.B. Professor Francisco Mazzola, a partir de 1967.
DECAINDO – Aos poucos essa modalidade esportiva foi esmorecendo, devido alguns fatores, dentre os quais destacamos : os alunos (as) iam se formando, mudavam de cidade, casavam, e as disputas na região também deixaram de ter o seu encanto.
FOTOGRAFIA – Registro fotográfico realizado no pátio do atual Colégio E.E.B. Professor Francisco Mazzola, na década de 1960, dos times de voleibol masculino e feminino do denominado Grêmio Esportivo Pindorama, formado pelas alunas e alunos do antigo Curso Normal Regional Pio XII, que antes funcionava no antigo prédio, onde hoje está instalada a empresa de Móveis Marchi, situada à Rua Hippólito Eugênio Boiteux – Nova Trento – SC.
ACERVO FOTOGRÁFICO – Geltrudes Tirloni
SIGNIFICADO DE PINDORAMA – Nome de nossa terra atribuído por algumas tribos indígenas. Em tupi-guarani significa terra das palmeiras. Esse nome foi mais usado no período anterior à chegada dos portugueses ao Brasil (1500).
Texto e imagem: Godofredo Luiz Tonini(Facebook). Postagem: Jonas Cadorin

MARIA POLLI e IGNACIO VALLE

Maria Polii Valle *19.09.1919 +18.12.1999    Ignacio Valle (TóTo) *29.10. 1919  + 02.09.2001   Ignacio, mais conhecido pelo apelido de TÓTO, residia com a família na rua ao lado do colégio Francisco Mazzola. Marcou a infancia de muitos e muitas que compravam suas iguarias: puxa-puxa, pé de moleque (mole e duro), caquis… pessoas que na sua simplicidade deixaram sua contribuição à formação da identidade da cidade.                       Foto: lápide do cemiterio central. Postagem: Jonas Cadorin

SERRARIA DO APRIGIO BOTAMELLI

20200330_095511 (1)

1988, serraria do Sr. Aprígio Botamelli, bairro Trinta Réis. Na foto, de frente , seu filho…  ( in memoriam) e de costas Francisco Valle (Chico do Tóto).                                                 Foto: Seehauser e Veneri, in L’Odissea Brasiliana. Postagem: Jonas Cadorin

CONCENTRAÇÃO DO DESFILE DE 7 DE SETEMBRO- DÉCADA DE 1970

2019-12-16 21.54.41

Grupo Escolar Lacerda Coutinho na concentração do desfile. No lado direito da foto professores de ginástica, Fioravante Marchi e Nair Valle. Uma irmão da imaculada Conceição  a frente do pelotão de acrobacias  com arcos( estas evoluções eram ensaiadas nas ulas de Ginástica- hoje Educação Física). A fanfarra está logo a seguir. Atrás da fanfarra havia uma cerca viva que delimitava o espaço da horta que servia para aulas de Técnicas Agrícolas e  de onde tirados verduras e legumes para a sempre bem vinda  sopa – merenda escolar. As árvores ao fundo  eram laranjeiras e vergamoteiras do pomar da família do sr. João Valle, musico( tocava a  Requinta, uma variação do clarinete em tom agudo)), cantor barítono que encantava a todos com seu timbre de voz durante as missas.A foto foi tirada no local onde havia o campo de futebol (hoje tem dois ginásios de esporte.  O colégio foi dividido pelo  Rua dos Imigrantes , aberta na década de 1980) . Ao fundo o  GOT – Ginásio Orientado para o Trabalho, hoje centro de encontros Imaculada Conceição – CEIC.

Foto: acervo do colégio Francisco Mazolla. Postagem  e comentários Jonas Cadorin

Morre bispo emérito neotrentino Walmir Valle

image-8 (1)

Internado no Hospital Universitário Santa Teresinha, de Joaçaba, desde o dia 27 de julho, faleceu hoje, 26, na mesma cidade, o bispo emérito dom Walmir Alberto Valle, em decorrência de câncer. Seu velório está acontecendo na Catedral Santa Teresinha. Será sepultado às 9 horas desta terça-feira na cripta da  mesma catedral, local de onde exerceu seu mandato por oito anos (2003-2010).

Walmir Alberto Valle, filho de Marçal Valle e Alzira Busnardo Valle, nasceu no dia 14 de abril de 1938 em Nova Trento. Sua ordenação presbiteral aconteceu no dia 21 de dezembro de 1963, em Turim, na Itália, como integrante da  Congregação Missionários da Consolata.

Exerceu seu ministério sacerdotal em  São Manuel (SP), Turim (Itália), Roraima (com indígenas) e em São Paulo. Foi nomeado bispo em 5 de novembro de 1985 para a diocese de Zé Doca, no Maranhão, e ordenado em 6 de janeiro de 1986 pelo então papa, hoje santo, João Paulo II. Em 2003, assumiu a diocese de Joaçaba, onde exerceu seu mandato  até  14 de abril de 2010.

Fonte: Jornal O Trentino   (https://otrentino.com.br/morre-bispo-emerito-neotrentino-walmirvalle

HUMAITÁ- BAILE DE CARNAVAL -1970

2019-03-26 11.47.34

Érico Bianchini (Neco), Maura Carolina Floriani Kortelt, rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, seu primo Nelson Visentainer e Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970.

2019-03-26 11.22.50

Na frente da esquerda para a direita: de nome desconhecido, a rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, Maura Floriani Kortelt, seu esposo Osni Kortelt. Na fila de trás : Dilva Boso, Clarinda Tomasi, desconhecida, Judite Valle e José do Patrocinio Montibeller (Dedé). No canto superior a esquerda Elias Minatti.

2019-03-26-11.30.26[1]

Registro fotográfico de um dos três bailes carnavalescos realizados na sede social de propriedade da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H., no ano de 1970.O prédio dessa sociedade localizava-se defronte ao seu campo de futebol, situado à Rua Prefeito Municipal Nicolau Bado. Da esquerda para a direita : ? Bottamedi, Hermes Plácido Mazzola, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970, seu esposo Emanuel Battisti Archer (Nelo) e Marinho Tomasi.

2019-03-26 11.27.19

O saudoso Sr. Carlos Tridapalli (Nene), a saudosa Sra Lina Carmelina Tomazoni, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, os saudosos Sr. Glauco de Souza, sua esposa Sra Neide Tolomeotti de Souza e Orlandina Luchtemberg. Atrás mais a esquerda da fotografia, Tadeu Busnardo.

2019-03-26 11.35.55

 Na frente, da esquerda para a direita, Rosemira Montibeller (Miroca), Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, seu cunhado Osni Kartelt e Liria Cadorin Marchi. Atrás, bem a esquerda, Roberto Valle ( Betharra).

2019-03-26 11.32.28

Da esquerda para a direita ; O saudoso Jango Feller, ? Floriani, a saudosa Sra Selina (Celene) Voltolini Floriani, Emanuel Battisti Archer (Nelo), Armi Zilda Floriani, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, Leonir Feller, desconhecido, Vilma Feller e desconhecido.

Fotos e texto: Godofredo L. Tonini. Postagem Jonas Cadorin