DALBOSCO, SGROTT

Festa entre amigos onde sempre havia bebida e linguiça de porco. o senhor sentado posa para a foto com uma como colar. da esquerda para a direita: ? as marcas escuras no sorisso são dentes de ouro, Onildo Dalbosoco, Wilson Mário Sgrott, …Sgrott e sentado…?. Foto: Misael Dalbosco: Postagem Jonas Cadorin

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA -1960

110140621_929305667539138_8459132738185336737_o

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA – Colégio Normal Regional PIO XII – NOVA TRENTO
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE FEMININA :
Da esquerda para a direita as Sras : Vitoria Dalbosco Archer, minha saudosa irmã Ester Tonini Piazza, Sonja Piazera Archer, Marli Battisti, Aparecida Tridapalli Archer, Valéria Battisti Cipriani e Maria Aparecida Valle.
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE MASCULINA :
Da esquerda para a direita os Srs. Celso Tirloni, José Nilo Valle, Tadeu Busnardo, José Ângelo Voltolini, João Bertotti e o saudoso Benjamim Grott.
FUNDAÇÃO – Na década de 1960, o então Diretor do Curso Normal Regional Pio XII, o saudoso Sr. Fioravante Marchi, fundou o Grêmio Esportivo Pindorama, voltado para a prática de Voleibol pelos alunos (as). Existiam duas equipes de voleibol, uma masculina e outra feminina.
DISPUTAS – Os treinos e as disputas amadoras com equipes de outros municípios do Vale do Rio Tijucas, eram realizadas na quadra existente no pequeno pátio atrás do prédio escolar.
TORCIDA – Nos domingos a tarde, eram realizadas partidas de voleibol, com outras equipes visitantes. O comparecimento dos assistentes era enorme, a torcida era fanática, o pátio ficava superlotado, enfim uma grande festa.
ANTIGAMENTE – A prática de voleibol em Nova Trento antiga, e era levada a sério. Todos queriam ser os titulares, quer da equipe masculina, quer da equipe feminina.
MUDANÇA DE LOCAL – Por questões de logística funcional e educacional, o Curso Normal Regional Pio XII, passou a funcionar nas dependências do antigo Grupo Escolar Lacerda Coutinho, hoje, E.E.B. Professor Francisco Mazzola, a partir de 1967.
DECAINDO – Aos poucos essa modalidade esportiva foi esmorecendo, devido alguns fatores, dentre os quais destacamos : os alunos (as) iam se formando, mudavam de cidade, casavam, e as disputas na região também deixaram de ter o seu encanto.
FOTOGRAFIA – Registro fotográfico realizado no pátio do atual Colégio E.E.B. Professor Francisco Mazzola, na década de 1960, dos times de voleibol masculino e feminino do denominado Grêmio Esportivo Pindorama, formado pelas alunas e alunos do antigo Curso Normal Regional Pio XII, que antes funcionava no antigo prédio, onde hoje está instalada a empresa de Móveis Marchi, situada à Rua Hippólito Eugênio Boiteux – Nova Trento – SC.
ACERVO FOTOGRÁFICO – Geltrudes Tirloni
SIGNIFICADO DE PINDORAMA – Nome de nossa terra atribuído por algumas tribos indígenas. Em tupi-guarani significa terra das palmeiras. Esse nome foi mais usado no período anterior à chegada dos portugueses ao Brasil (1500).
Texto e imagem: Godofredo Luiz Tonini(Facebook). Postagem: Jonas Cadorin

DIA DE FESTA, TRAJE DE FESTA!

Dalbosco

Da esquerda para a direita: Na escada da antiga prefeitura de Nova Trento:  Alcides Sgrott, Onildo Dalbosco,(sem identificação) Luis  Ernesto Zanluca -Luizinho , não identificado.(Se voce conhece os dois amigos sem identificação por favor escreva no ‘balão’ de diálogo acima da foto, no canto direito superior). Detalhes da moda de então; sapatos do mesmo modelo e cor, meias brancas e listradas, paletó, gravata, chapéu, cigarro. Dia de festa, com certeza.

Acervo: Vlademir Dalbosco. Postagem: Jonas Cadorin

Primavera x Humaitá

 

Da esquerda para direita:

Em cima: Valdir Piazza, Acis Cadorin, XXX Cecato, Altair Piazza, Roberto Vale, desconhecido, desconhecido, desconhecido, Miracir Vale, desconhecido, Godofredo Tonini, Cao Marchi, Maurilo Mazzola, Lola Dalbosco e Walter Feller.
Em baixo: Tarcizio Lorenzeti, Osmar Fachini, Otto Orsi, Gilberto Ruberti, Pedro Barauna, Oscar L. Sgrott, José Batisti Archer, João Luiz Orsi, Walter Dalbosco, Clides Michelli e Dico Dellantonia.

Colaboração: Oscar Lino Sgrott

ORLANDO DALBOSCO

45931276_522625254873850_3284949704202256384_n

“Orlando Dalbosco (Lola), além de ser um excelente pedreiro, era um um exímio tocador de Bandolim.Conforme relatos de vizinhos, reunia seus filhos quando pequenos e com eles cantava ao som dos acordes deste instrumento musical muito popular na terra de origem.
Em época natalina, reunia seus familiares e ao som do seu bandolim cantavam músicas de Natal que deixavam todos emocionados.
Ficaram vivas até hoje na memória dos que assistiram esses belos acontecimentos proporcionados por esse saudoso pai de família e admirável músico.                                 Foi também um destacado colaborador das causas nobres em benefício do Bairro Trinta Réis, onde residia. Destacamos sua atuação de colaborador e incentivador na construção de três obras distintas de interesse da população do bairro Trinta Réis:                                                                                                      1ª – De cunho religioso, a construção do monumento religioso denominado de Calvário; 2ª – De cunho social, fundação e construção da Sociedade Recreativa Primavera, que antes de ser inaugurada a sua sede, os bailes carnavalescos e outros bailes eram realizados embaixo de lonas usadas em caminhões de transporte de cargas;                      3ª – De cunho esportivo, fundação do time de futebol da Sociedade Primavera e a construção do campo de futebol desse time.                           Também foi colaborador e incentivador de muitas outras causas de cunho social, em favor da população daquele belo nominado de Bairro Trinta Réis.”                                          Foto e comentários: Godofredo Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

 

Sociedade Recreativa Humaitá – time de futebol 1940

44023278_510196199450089_5053490105663094784_n

Jogadores que faziam parte do time titular de futebol da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H., na década de 1940, do município de Nova Trento – SC., e membros da diretoria.
Agachados da esquerda para a direita : Antonio Bado (Badinho), Cláudio Tomazzi (in memorian), Saul Valle (in memorian), João Facchini (in memorian), Oscar Valle (in memorian) e Ulderico Valle;
Em pé da esquerda para a direita : Auxiliar Mario Facchini (in memorian), Carlos Piazza (in memorian), Valdir Valle (in memorian), Nelson Maurici ( in memorian), Hercílio Ceccato (in memorian), Augusto Valle (in memorian), Valdemiro Dalbosco (Miro – In memorian), Alberto Piva (in memorian) e Vitorio Tridapalli (in memorian).
Acervo fotográfico: Ulderico Valle.                                                                                          Informações: Godofredo L. Tonini. Postagem , Jonas Cadorin

 

DESFILE 07 DE SETEMBRO – 1972 – Colégio professor Francisco Mazzola

setesetembro

“1º – Da esquerda para a direita na frente :
Rosemira Lobo (Rose), Tarcísio Facchini (Ico), Maurilio Mazzola, Pedro Montibeller, Enio Feller (Correca), Ismar Voltolini, Oscar Archer (Oscarzinho), Alceu Dalbosco, saudoso Ernani Feller, Miralci Valle, José Moacir Rachadel (Leco), Aldo Hartke e Ana Maria Sgrott
2º – Da esquerda para a direita atrás :
Marcos Rachadel (Paco), Saulo Voltolini, Godofredo Luiz Tonini (Godoi), Deda Ceccato.
3º – Agachadas : Da esquerda para a direita :
Clarinda Tomasi, Maria Elizabete Archer (Bete) e Vera Valle.
Registro fotográfico realizado no pátio do antigo Colégio Normal Professor Francisco Mazzola, hoje nominado de EEB Francisco Mazzola, no dia 07 de Setembro de 1972, após o desfile do dia 07 de setembro.
Estávamos vestidos de preto e branco, pois fazíamos parte da bateria que dava o ritmo da marcha para os demais estudantes. As alunas faziam parte da comissão de frente do colégio, eram destaques.
Dos alunos (as) fotografados apenas 04 permanecem em Nova Trento, um faleceu, os outros 15 saíram da cidade em busca de trabalho, infelizmente perdemos excelentes profissionais.”                                                                                                                                          Foto e informações : Godofredo Tonini. Postagem : jonas Cadorin

TORCIDA ORGANIZADA – S. R. HUMAITÁ – 1962 -“Avante o Humaitá, com glórias e flores, hura, hura, huraaaa!

humaita godoi
“Torcedoras e torcedores num domingo a tarde do ano de 1962, presentes no Estádio de futebol Governador Aderbal Ramos da Silva, de propriedade da Sociedade Recreativa Humaitá, clube futebolístico da cidade de Nova Trento – SC., fundado em 19 de março de 1919. Era um dos melhores programas dominicais à época, tempo maravilhoso, parte da nossa juventude.”
1ª – Fila : Sentados da esquerda para a direita : Neuza Tirloni, Anunziata Ângela Dalbosco (Néi), Rosita Valle, saudoso Matias Battisti, Selma Franzoi, Nilton Battisti, Delcides Raulino, Vitoria Dalbosco, e provavelmente um dos filhos do saudoso treinador, o Sr. Nelson Maurici
2ª – Fila : em pé da esquerda para a direita : Eronides Tirloni (Nidinha), Marilete Valle, Orlandina Lucktemberg (Landa), Zoavia Franco, o saudoso Humberto Tomasini, Leonida Lucktemberg (Nida), Cremilde Tirloni (Ica), Sonja Facchini e Maria Dulce Raulino.
Fotografia: Ronaldo Trajano Raulino, postada na página do Facebook de Godofredo L. Tonini

ESCOLA REUNIDA – BAIRRO TRINTA RÉIS – NOVA TRENTO – SC – 1966

escolatrintareisPrédio escolar onde funcionava a Escola Reunida Professor Francisco João Valle, no Bairro Trinta Réis, que ficava próxima a atual empresa Nélcia Noivas. Esse prédio de madeira foi construído durante a administração do Prefeito Municipal, o Sr. Luiz Feller, 1965 – 1966, em terreno doado pelo Sr. Carlos Ceccato. Tinha duas salas de aula, uma pequena cozinha e uma sala de Direção e banheiros. Lecionavam nessa escola as professoras, Srª Adelina Marchiori Minatti, Ester Maria Piazza, Maria Vitória Dalbosco Battisti Archer e Maria dos Anjos Cadore. Foi nomeada como primeira Diretora desta escola, a Srta Neli Maria Tirloni.                                                                                                          Fonte: Godofredo Luiz Tonini, postagem Jonas Cadorin

FANFARRA ESCOLAR GRUPO ESCOLAR LACERDA COUTINHO – NOVA TRENTO -SC

2016-09-23-11-34-59

Na frente, esquerda para direita: Godofredo Tonini., Isaias Montibeller,__,__,__,Maurilio Mazzola.

Atrás, esquerda para direita: Virgílio Bertotti,__, ‘Badico’ Dalbosco, __,__,__, Eudes Mazzola .

Foto registrada no palco do patio coberto do Grupo Escolar Lacerda Coutinho(atual Colégio Estadual Francisco Mazzola). Ao fundo, no quadro negro, a letra do hino da independência. Durante todo o periodo dos governos militares(1964 a 1985) era prática diária ou semanal as homenagens cívicas. Todas as turmas ficavam perfiladas em pelotões, como se fazia nos quartéis. Tomava-se distância  em relação ao individuo da frente e da  das laterias.: simetria. Ordem e Progresso. Os hinos nacional, da bandeira, do estado e da Independência eram ensaiados a exaustão. todos aprendiam de cor.

Peço a colaboração para identificarmos os demais membros desta foto. MANDE SUA INFORMAÇÃO NO ‘BALÃO ‘ DE DIALOGO QUE ESTÁ NO LADO DIREITO  SUPERIOR DESTA POSTAGEM

Foto: arquivo Jonas Cadorin