Giovanni Antônio Voltolini

2018-02-27 14.30.36

  Giovanni Antônio Voltolini,  natural de Borgo Valsugana,Tirol, hoje província Autônoma de  Trento, Itália. Nasceu em 10 de de maio de 1858. Foi fundador da igreja de Santo Inácio no Moura-Canelinha, estado de Santa Catarina. Além de doar o terreno  ajudou a levantar a igreja com seus dotes de pedreiro (murator).    Veio a falecer no bairro  Moura em Canelinha no ano ano de 1950 aos 92 anos de idade. Giovanni e Thereza se casaram em 5 de fevereiro de 1879 na igreja de São Virgílio em Nova Trento pelo missionário italiano o Padre Arcângelo Ganarini. Na foto Giovanni ostenta a medalha do Apostolado da Oração.

Foto cedida por Luiz Bastiani, escritor residente no município de Canelinha.

Cônego Arcângelo Ganarini

conego-arcangelo-ganarini-1905[1]

Arcângelo Ganarini nasceu em 10 de fevereiro de 1844 em Ronchi, Diocese de Trento, no Tirol italiano então ocupado pelo Império Austro-húngaro. Entrou no Seminário em 1866 e foi ordenado presbítero em 30 de novembro de 1869. Entre 1869 e 1876 foi vigário paroquial em Roncegno, Itália.Sensibilizado pela emigração dos trentinos que, desde 1875 tinham vindo para as florestas de Nova Trento, SC, prontificou-se a também emigrar para acompanhar espiritualmente seus conterrâneos. Não se contentou em atendê-los espiritualmente, pois, vendo as possibilidades de vida melhor oferecidas pelas terras brasileiras em confronto com a pobreza no Trentino italiano, fez-se propagandista da imigração. Dois sacerdotes trabalharam nesse sentido: Pe. Luiz Marzano junto aos vênetos de Urussanga e Pe. Ganarini junto aos trentinos. Ambos procuraram condividir sua experiência com os compatriotas na Itália: Pe. Ganarini publicou “Nuova Trento, impressioni di viaggio”, 1901, importante documentação sobre os primeiros anos de Brusque e Nova Trento, e Pe. Luiz Marzano o “Missionari italiani nelle foreste del Brasile”, em 1904, sobre a vida dos colonos em Urussanga. Pe. Ganarini, além disso, escrevia regularmente para um jornal de Trento, motivando outros conacionais à imigração. ( Fonte: Pe. Artulino Besen, arquidocese Florianópolis)

2017-11-27 14.01.56

Postagem: Jonas Cadorin