HOJE É DIA DE SANTA LUCIA, MAMMA MIA

Ontem a noite foi o dia de botar o prato capim  para o cavalinho de  santa Lucia.Na ruya João Bayer sobrinho ainda mantemos a tradição de pé. ontem a carroça de santa Lucia passou emtodas as casa da rua. “Santa Lùzia, mama mia, porta roba en casa mia, se la mama non la ghe mete, resta vode le scudelete.”

48283404_610003222750997_673158208646283264_n48391261_610002896084363_8121854882689843200_n

Fotos: Berenice de Oliveira. Postagem Jonas Cadorin

Anúncios
por Al Fero Postado em Todas

ORDENAÇÃO SACERDOTAL DO PADRE ARLINDO INÁCIO DE OLIVEIRA EM 17.12.1961

32364_528089790552107_1872165285_n

 Nova Trento foi , durante muito tempo, considerado um celeiro de vocações. A religiosidade praticada sob os olhos  da sistemática jesuítica , fez com a cidade tivesse seu cotidiano  sacralizado. Para as famílias era uma benção de deus ter um filho ou uma filha seguindo a vocação religiosa. Nova Trento foi conhecida como a cidade dos padres e dos pedreiros. nas fotos desta postagem imagens da festa de ordenação do saudoso padre Arlindo Oliveira , filho da inesquecível Dona Maricota . O percurso enfeitado com palmeiras, animação da banda padre Sabattini, filhas de Maria, os pais ladeando o filho, a cidade em festa!                                                                                                                                   Foto: Eugênio Martini, postagem: Jonas Cadorin

 

205558_528089960552090_1361141609_n215840_525551500805936_1436169779_n (1)178948_525551907472562_1356307400_n

NOVA TRENTO -DÉCADA DE 1960

31545_531201833574236_286957923_n

Foto de boa resolução tirada do alto do morro do cemitério. No canto direito,baixo, é possível visualizar um pedaço da praça Getúlio Vargas com o obelisco comemorativo aos 50 anos de imigração  italiana/tiroleza a Nova Trento. A frente a casa de quatro fachadas pertence a família de Romeu Piazza No lado a casa que pertenceu ao sr. Fioravante Marchi. Note-se ao fundo a presença de araucárias(pinheiros que se não foram cultivadas eram nativas e que se adaptaram bem ao clima da região). Ao fundo a igreja matriz antes da reforma(com seu teto alto, duas águas) e logo a frente o prédio da antiga prefeitura. A esquerda, ao fundo , a casa “salamanca” residencia atual de sr. Vita Sgrott, a casa do Falecido ‘Dedéco’ Piazza(padeiro). A seguir a residencia da família Batistotti onde funcionou a sede do Circolo trentino na década de 1980. Ainda esta de pé a imponente casa de comércio da família Boiteux (hoje faria frente com o mercado Bitencourt.

Igreja do Sagrado Coração de Jesus -Centro de Nova Trento

306825_525656784128741_1144288403_n

Igreja do Sagrado coração de Jesus no centro de Nova Trento. Hoje no local está construída a Igreja matriz  São Virgílio.                                                                                            Foto: Eugênio Martini. Postagem: Jonas Cadorin

CONSTRUÇÃO DA IGREJA MATRIZ SÃO VIRGÍLIO

67822_528085207219232_823943966_n

Igreja Matriz, são Virgílio, construída em dois anos 1940 a 42, aconteceu após negociações entre os maradores e os padres jesuítas. O problema se deu por causa do padroeiro. Os jesuítas tinham uma igreja dedicada ao sagrado Coração de Jesus e os imigrantes havia erigido uma igreja na atual praça Getúlio Vargas dedicada a São Vigílio, bispo mártir padroeiro de Trento. Após intervenção do bispo ficou acordado que o padroeiro seria são Virgílio(Vigílio) e a igreja foi construída sobre o terreno da antiga igreja do sagrado Coração que foi demolida , restando porem no pátio frontal a estatua do Coração de jesus que foi destruída por um raio anos depois.( Igreja de são Vigílio também foi demolida e seus tijolos usados na construção do salão paroquial.)                       Foto: Eugênio Martini. Postagem Jonas Cadorin

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Batistti, Lorenzetti, Martini

483536_528089890552097_10884209_n

Elegância da juventude da década de 1950/60, terno, gravata,lenço no bolso, cabelo  com estilo, postura! O cigarro não podia faltar, era sinônimo de ter chegado a vida adulta. Na foto , da esquerda para a direita: bruno Batistti, Inácio Lorenzetti e Mario Martini              Foto: Eugênio Martini, postagem Jonas cadorin

CAPILÉ

2018-10-13 22.06.002018-10-13 22.07.42

Muito popular nas décadas de 60/70 do século passado, o Capilé, era o refrigerante (refresco) que fazia a alegria das crianças nas festas e solenidades de fim de ano. O capilé era um xarope com sabor de frutas que era misturado com água e açúcar. As famílias mais abastadas compravam o emergentes refrigerantes gaseificados(Laranjinha Maxwillem e posteriormente a Coca-Cola).

Postagem e fotografia : Jonas Cadorin

DARÓS, MARTINI, SGROTT

martini

Domingos Martini (Minco) apontando o jogo do bicho com os amigos Lídio Darós( grande construtor, o primeiro a adquirir um automóvel Brasília em Nova Trento no ano de 1977) e Artur Sgrott( escriturário e clarinetista do conjunto “Os Insuportáveis!). Bons tempos!    Foto: Eugenio Martini. Postagem:Jonas Cadorin