MADRE PAULINA -DÉCADA DE 1940

Na foto, no pátio da casa em Ipiranga,ao centro, está Dom José Gaspar de A. e Silva, arcebispo de São Paulo na época. À esquerda de Dom José, está Santa Paulina; à direita, Irmã Luiza de Jesus Crucificado, superiora geral. Madre Paulina faleceu em Ipiranga, São Paulo, no dia 9 de julho de 1942

Fonte: arquivo da Congregação da Irmas da Imaculada Conceição. Postagem Jonas Cadorin

ALBERTINA TRIDAPALLI E JOSÉ ERBS

ALBERTINA TRIDAPALLI E JOSÉ ERBS – BODAS DE OURO

“Foto tirada na década de 70 durante as bodas de ouro do casal!

José Erbs nasceu em Brusque, Albertina nasceu em Nova Trento.  A família Erbs morava no centro da cidade.

Mulheres filhas do casal, fila da frente, lado esquerdo.

Da esquerda para direita: Marlene Erbs., Terezinha Erbs.,Aparecida Erbs. (In memorian),Salete Erbs.

Homens filhos do casal, fila de trás, da direita para esquerda: Nelson Erbs (in memorian), Valdemar Mário Erbs ( Marinho Erbs), José Carlos Erbs (meu pai), Tarcísio Erbs.

Nomes das noras, da direita para esquerda. Maura Mota Erbs, Alba Cadorin Erbs (in memorian), Nilva Tenfen Erbs

Nomes dos genros: Azen Abuduladi Said (in memorian), Jair Casagrande, Raul Benevenuti (in memorian)

Filhos nascidos em Nova Trento e com o passar dos anos alguns foram para Brusque e outros foram residir no norte do Paraná. Somente 1 filho ficou em Nova Trento, Tio Marinho que reside na cidade até hoje.” Texto e fotos: Franklin Erbs. Postagem: Jonas Cadorin

PEDREIROS- IGREJA EM RIO DO OESTE- 1957

Pedreiros de Nova Trento, entre eles o sr. Celestino Batistti, construíram , nos de 1956 a 1957, a igreja de alvenaria em substituição da igreja de madeira, dedicada a Santa Catarina, na localidade de TOCA GRANDE I

“O fundador da comunidade, Ernesto Ronchi nasceu na Província de Belluno, em 31 de maio de 1886. Veio para o Brasil com apenas 40 dias, em companhia dos pais, Luiz Ronchi e Maria de Lazzer, a avó materna e três tios, e instalaram-se na colônia Luís Alves, distrito de Blumenau.
Casado com Páscoa Stringari, Ernesto Ronchi trabalhou como sapateiro. Em 1918, com outros colonos, instalou-se em Toca Grande; construiu a primeira balsa para atravessar o rio (1925).
A comunidade que ele criou foi, mais tarde, dividida em outras: Toca Grande I; Toca Grande II e Toca Grande III (Alto Toca Grande). Colonizada pelas famílias Ronchi, Neguerbon e Moser, que enfrentaram animais selvagens e indígenas.
A capela de madeira que construíram era atendida pelos padres João Rolando e Baggio.
Ao lado da capela dedicada à Santa Catarina, os moradores construíram a escola, onde o professor Ernesto Ronchi lecionava em italiano.
As parteiras da comunidade eram Páscoa Stringari Ronchi e Ema Scoz.” In :http://www.riodooeste.com.br/historia/?id=institu/album&p=37&r=54&i=78

Igreja de
DCIM100MEDIADJI_0036.JPGco

FOTOS: Marcos Andre Pisetta, de Rio do Oeste. Postagem: Jonas Cadorin

CORPUS DOMINI -CORPUS CHRISTI – 1979

A festa do Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no dia 8 de Setembro de 1264. O significado católico da festa refere-se a procissão como lembrança da caminhada do povo de Deus, peregrino, guiado por Moisés, em busca da Terra Prometida. O Antigo Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da eucaristia a comunidade católica é alimentada com o próprio corpo de Cristo.

O trajeto da procissão é enfeitado com tapetes com motivos(desenhos) diversos preenchidos com serragem colorida, cal, pó de café, tampinhas de garrafa recobertas com papéis prateados/dourados, flores típicas do mês de junho, retalhos de tecido coloridos. Toda a comunidade se mobilizava para a festa guardando materiais durante o ano, doando flores e na madrugada do dia do Corpus Domini, geralmente muito fria, todos saiam à rua para enfeitar a frente de suas casas. Uma grande festa dentro de outra grande festa! Os estudantes e professores do colégio também participavam ativamente da ornamentação do trajeto.

Terminada a missa o cortejo saia da igreja com seis homens vestindo paletó , carregando o baldaquim, (cobertura de panos finamente bordados). O padre ia debaixo com vestes festivas(capa magna) expondo o ostensório dourado com uma hóstia consagrada ao centro. Crianças vestidas de anjos abriam o caminho que seria pisado por Deus feito homem na forma de pão, o Pannnis Angelicus. A banda padre Sabattini e o coral companhavam o cortejo tocando músicas próprias para a ocasião como o Tantum Ergum Sacramentum (Tão sublime sacramento). A procissão fazia três paradas em pontos específicos com altares caprichosamente enfeitados- e o padre proferia uma benção com o ostensório em meio a fumaça perfumada exalada do turíbulo que era levado pelos coroinhas(theregoti). Fogos de artífio eram explodiam no ar a cada para. A procissão finalizava em frente a igreja com uma benção final e mùsicas da banda. (Importante lembrar que foi na festa de corpus domini de 26 de junho de 1889, que cinco musicos da região de Blumenau,a convite do padre Angelo Sabattini, animaram a procissão. A apresentação foi a mola propulsora pra a fundação da banda em outubro do mesmo ano(132 anos ). O grupo I Pargoleti também foi fundado num dia de festa de Corpus Domini no ano de 2007 (14 anos).

As fotos abaixo foram cedidas do acervo do colégio Francisco Mazolla. Além das pessoas que cada um poderá identificar, algumas in memoriam) é pssivel também observar algumas aspectos das casas, prédios e estabelecimentos comerciais da época.

Postagem e cometário: Jonas Cadorin

BAIXO SALTO – VOCAÇÕES RELIGIOSAS

foto do quadro das vocações do bairro Baixo Salto, capela de santo Antino de Pádua por ocasião do aniversário de 50 anos. A religiosidade praticada nas famílias, associada ao trabalho persistente dos padres jesuítas fez daquela comunidade um verdadeiro celeiro de vocações. Chama á atenção a família Adami com sete irmãos seguindo a vida religiosa: IRª. AMÁLIA ADAMI, Pe. LEOPOLDO ADAMI, Pe. LUIZ ADAMI, Irº. FIORENTINO ADAMI, Irº VIRGILIO ADAMI, Irª AMÉLIA ADAMI, ADÉLIA ADAMI;

Pe. EGIDIO BARAUNA; Irmãs; BENTA FLORIANI, CONSTANTINA TRIDAPALLI, CECILIA ROVER, MARIA MANTOVANI, INÊS BARAUNA, MARIA GIOZELE, …GALVAN, MARIA BARAUNA, MARILETE ROVER, CESARIA ARMELINI, JOANITA VOLTOLINI MODESTA DELLAGNELLO, ANGELICA ROSA ( Obs. alguns nomes estão apagado o que dificultou a identificação. Aceito correções que podem ser feitas no ‘balão’ no lado superior direito desta postagem)

FOTO E POSTAGEM: JONAS CADORIN

Igreja Matriz de Angelina completa 73 ANOS


Dia 23 de maio de 2021, a atual Igreja Matriz dedicada à Nossa Senhora da Imaculada Conceição, localizada na cidade de Angelina-SC, completa 73 anos de sua inauguração. Com projeto arquitetônico elaborado pelo Pe. Vicente Schmitz as obras foram executadas pelos mestres pedreiros Francisco Cadorin e Domingos Darós, de Nova Trento-SC.

Findas as obras, há 73 anos, dia 23 de maio de 1948, o então Arcebispo de Florianópolis, Dom  Joaquim Domingues de Oliveira, a inaugura oficialmente com a respectiva bênção.

Segundo o Livro do Tombo da Paróquia de Angelina, à página 82: “milhares de padrinhos esperavam ansiosamente o momento em que as portas da nova igreja se abrissem pela primeira vez. E a surpresa foi grande. O interior representa um recinto sagrado e piedoso. Uma arquitetura atraente, magistral e impecável corre em linhas simples e inconfundíveis”.

Texto e foto: historiador Toni Jochem. Postagem: Jonas Cadorin

MERENDEIRAS E SERVENTES DO GRUPO ESCOLAR LACERDA COUTINHO – DÉCADA DE 1970

As responsáveis pela limpeza do grupo escolar e também pelo preparo da merenda escolar( sopas, toddy, aveia…).

Na calçada : de saia preta a Sra. Benta Josefina Battisti Archer Tonini, e a Sra. Zulmira Tomasini.
No primeiro degrau : Sra. Rosinha Orsi Battisti Archer.
No alto : Sra. Verônica Battisti Archer, mãe da famosa locutora da Radio Clube de São João Batista, a Sra. Carminha Archer Marcus. dona Verônica também era carinhosamente chamada de ‘Verônica Negra’. Era uma pessoa carismática e muito famosa por seu dom de de benzedeira.
Foto: Godofredo L. Tonini. Postagem e comentário: Jonas Cadorin







 

MÚSICOS DA BANDA PADRE SABBATINI 1950-1960

Precioso registro fotográfico da Banda Musical Padre Ângelo Sabbatini, fundada no dia 08/10/1889, possivelmente realizado entre as décadas de 1950 e 1960.
Pelo local onde os músicos e alguns assistentes encontram-se embaixo de uma barraca, o registro fotográfico deve ter sido realizado durante breve descanso quando da apresentação da banda abrilhantando festividade de local desconhecido e sem data definida.
Sentados da esquerda para a direita : O Srs. Luiz Virgílio Tomasi(bombardino), Conradi, Arthur Sgrott ( clarinete), João Valle, Jordão Cadorin e Aprígio Bottameli (clarinete), desconhecido, Francisco Cadorin(trompa), Fernando Luiz Tomasi (trompete), e Fernando Cadorin(trompa).
Em pé da esquerda para a direita : Desconhecido, Assis Cadorin(trompa), Virgílio Tomasi(trombone), Ricardo Piazza(bumbo), desconhecido. Antônio Guedes com o Chocalho, encoberto está o baterista Mario Ceccato e João Cadorin (baixo tuba).

Fonte : Godofredo Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

CONJUNTO OS INSUPORTÁVEIS

De cócoras o saudoso Prefeito Municipal Sr. Aires Manoel Rachadel, que administrou o município de 1961 a 1965;
1ª fila : da esquerda para a direita : os saudosos Srs. Arthur Sgrott (clarinete), Aldo Bastiani (acordeon), Adulce Silva (pandeiro), Lino Cadorin(chocalho), Eloy Jose Tell e Rubens Darossi.
2ª fila : da esquerda para a direita : o saudoso Sr. Filinto Valle (clarinete), Dimas Tell (chocalho), o saudoso Sr. Jaime Voltolini (cavaquinho) e Aníbal Motta (acordeon)
A foto abaixo é do Conjunto Musical “Os Insuportáveis” formado por músicos neotrentinos, quase todos com passagem pela Banda Musical Padre Angelo Sabbatini.
Estavam abrilhantando uma festa caipira provavelmente no Colégio Estadual Professor Francisco Mazzola.
Esse conjunto de Insuportável não tinha nada, muito pelo contrário, era famoso e sempre requisitado para todas as festividades.
Foto e comentários: Godofredo L. Toninni Postagem : Jonas Cadorin

CALÇADOS ROSIMAR

Calçados ROSIMAR do saudoso empresário Guilherme Daros

Fonte: Informativo da Paróquia São Virgílio 1988. Postagem Jonas Cadorin

por Al Fero Postado em Daros