1970 – INAUGURAÇÃO DE ESCOLA – BARRA DO MACACO -NOVA TRENTO

As fotos a seguir registram a solenidade de inauguração do novo prédio da escola da localidade de Barra do Macaco. A obra foi construída em convênio com o Ministério da Educação e ficou pronto em dezembro de 1969 final da gestão do prefeito Pedro Piva Júnior que foi sucedido por Santino Ludovino Voltolini. Postagem: Jonas Cadorin, Arquivo pessoal.

Da esquerda para a direita: PADRE HUMBERTO MELZ, PADRE VIGÁRIO CONSTÂNCIO MARCHI,PREFEITO PEDRO PIVA JÚNIOR E ESPOSA ISABEL MARIA PIVA, DEPUDATO FEDERAL ALBINO ZENI, EVARISTO SPLENGLER, PREFEITO DE GASPAR, O PREFEITO ELEITO SANTINO LUDOVINO VOLTOLINI E SUA NOIVA ERACILDA FRANZOI, VEREADOR AIRES MANOEL RACHADEL
DISCURSO DO DEPUTADO FEDERAL ALBINO LENZI EM FRENTE A ESCOLA. O AMBIENTE ESTAVA ENFEITADO COM BANDEIRINHAS E PÉS DE PALMITO, COSTUME USADO PARA ORNAMENTAR FESTAS.

1970 – INAUGURAÇÃO ESCOLA -SAUDADE GRANDE

PRÉDIO ONDE FUNCIONAVA A ESCOLA DA LOCALIDADE DE SAUDADE GRANDE ATÉ 1969.MESMO EM CONDIÇÕES PRECÁRIAS A EDUCAÇÃO ESCOLAR EM NOVA TRENTO FEZ PARTE DO COTIDIANO DA CIDADE DESDE O REMOTOS TEMPS DA CHEGADA DOS IMIGRANTES. AS FOTOS E COMENTÁRIOS A SEGUIR FAZEM PARTE DO RELATÓRIO DE GESTÃO DO ANO DE 1969 DO PREFEITO PEDRO PIVA JÚNIOR. POSTAGEM : JONAS CADORIN,ARQUIVO PESSOAL.
INAUGURAÇÃO, EM 25.01.1970, DO PRÉDIO ESCOLAR DE ALVENARIA CONSTRUÍDO NA LOCALIDADE DE SAUDADE GRANDE EM CONVÊNIO COM O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, MEC, CONCLUÍDO EM DEZEMBRO DE 1969.
DETALHE DAS INSTAÇÕES SANITÁRIAS, (MASCULINA E FEMININA) SUBSTITUINDO UMA ANTIGA PRIVADA DE MADEIRA. OBSERVE-SE QUE HAVIA ÁGUA ENCANADA
PADRE HUMBERTO MELZ, BENÇÃO DO PRÉDIO
CORTE DA FAIXA INAUGURAL. Da esquerda para a direita: DEPUTADO FEDERAL ALBINO ZENI, PADRE CONSTANCIO MARCHI, VIGÁRIO, PEDRO PIVA JÚNIOR, PREFEITO
da equerda para direita: DEPUTADO FEDERAL ALBINO ZENI, EVARISTO SPENGLER, PREFEITO DE GASPAR,SANTINO LUDOVINO VOLTOLINI,PREFEITO ELEITO, PEDRO PIVA JÚNIOR, PREFEITO, SUA ESPOSA ISABEL, PADRE CONSTANCIO MARCHI,de óculos, ao fundo

1969 – INAGURAÇÃO ESCOLA NA RUA TIJUCAS -MATO QUEIMADO

Inauguração do predio escolar de ribeirão São João, na rua Tijucas, bairro Mato Queimado, no dia 06 de setembro de 1969, final da gestão do prefeito Pedro Piva Junior. Atualmnete o prédio está desativado. Na época representou significativo avanço na melhoria das escolas que, até então eram de madeira. Estas novas escolas seguiam um padrão estipulado pelo governo do Estado que contemplavam normas de sanitárias como água encanada, instaloções sanitárias de alvenaria que substituiam as ‘casinhas ou privadas de madeira), as salas eram ilumidadas com energia elétrica além de contar com iluninaçao natural providenciado por amplas janelas envidraçadas. Fonte: Relatório anual, 1969,Pedro Piva Júnior. Postagem e foto arquivo pessoal Jonas Cadorin

por Al Fero Postado em Todas

1969 – TRATOR DE ESTEIRA – ABERTURA DE ESTRADAS

thumbnail_20200901_182716

“Serviço de melhoria , com trator de esteira, nas estradas de Serraval e Letreiro. Serviço iniciado em 10 de março e terminado a 18 de abril de 1969.” Na decada de 1960  a mecanização de serviços, até então feitos de forma braçal vão trazendo melhorias na infraestrutura do município que tinha sua economia baseada nas atividades agrícolas. Uma curiosidade: foi nesta casião que as pedras com inscrições rupestres que deram nome à localidade foram soterradas.Informações e fotos do relatório anual e de final de mandadto do prefeito Pedro Piva Junior. Postagem e informações : arquivo pessoal Jonas Cadorin

1969 – UMA DRAGA CHEGA A NOVA TRENTO

thumbnail_20200901_182833thumbnail_20200901_182939

“Retificação do Rio do Braço, na localidade de Baixo Salto. a draga chegou no dia 10 de agosto de 1969 e iniciou o trabalho no dia 11. O serviço foi terminado em 20 de novembro. A draga saiu do município a 22 de 11 de 1969”. Informaçoes do relatório apresentado aos vereadores pelo prefeto Pedro Piva Junior.   Postagem e foto: arquivo pessoal Jonas Cadorin

1969 – INAUGURAÇÃO DA PONTE ESTANISLAO DALRI – VIGOLO

thumbnail_20200831_160644

Dia 7 de setembro de 1969, 16 horas, dia chuvoso, com abenção do padre Constâncio Marchi, ladeado pelo prefeito Pedro Piva Junior e sua esposa Isabel foi nuagurada a ponte de concreto, localizada nas proximidades do ‘casebre’ de Madre Paulina. Entre o prefeito e o padre se pode ver o sr. Santino L. Voltolini. No lado direito da foto, ao lado do menino de camisa branca, o Sr. Eliseu Dalri, filho do homenageado. Estanislao Dalri,  ‘Lao’, fora um do primeiros moradores do bairro e líder na comunidade, chegando a ocupar o cargo de vereador. Importante lembrar que, mesmo sendo uma ponte pequena, para a época o concreto armado marcava a substituição das pontes e pontilhões de madeira.                      Foto: Arquivo pessoal Jonas Cadorin. Postagem Jonas Cadorin

thumbnail_20200831_160443thumbnail_20200831_160838

ANSELMO PICOLI – COMBATENTE DA FEB

Anselmo Picoli foi ‘pracinha’ da FEB. Atuou na linha de frente. Trouxe como triste troféu uma cicatriz no rosto de um projétil que o atingiu de raspão. Em Nova Trento atou durante muitos anos com carteiro juntamente com seu colega , também ex-combatente Manoel Barauna.                                                                                                                            “Distintivo da FEB, 1944. Nome dado à força militar brasileira constituída em 9 de agosto de 1943, no governo de Getulio Vargas,  para lutar na Europa ao lado dos países Aliados, contra os países do Eixo, na Segunda Guerra Mundial. Integrada inicialmente por uma divisão de infantaria, a FEB acabou por abranger todas as tropas brasileiras envolvidas no conflito. Adotou como lema “A cobra está fumando”, em resposta àqueles que consideravam ser mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra. Ao todo, a FEB contou com um efetivo de um pouco mais de 25 mil homens que combateram o exército alemão , lado a lado, com  as tropas do V Exército norte americano – integrante do X Grupo de Exércitos Aliados. Nesse momento, o objetivo das tropas aliadas sediadas na Itália era impedir o deslocamento alemão para a França, onde se preparava a ofensiva final aliada. Era necessário, assim, manter o exército alemão sob constante pressão. As primeiras vitórias brasileiras ocorreram em setembro de 1944, com a tomada das localidades de Massarosa, Camaiore e Monte Prano. No início do ano seguinte, os pracinhas participaram da conquista de Monte Castelo, Castelnuovo e Montese. O conflito, no entanto, não se estendeu por muito mais. A 2 de maio, o último corpo do exército alemão na Itália assinou sua capitulação, e a 8, a guerra na Europa chegava ao fim, com a rendição definitiva da Alemanha.A FEB perdeu 454 soldados que durante muitos anos permaneceram no cemitério de Pistóia (Itália). Em outubro de 1960, suas cinzas foram transferidas para o Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, erguido no Rio de Janeiro.”(http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/FatosImagens/FEB)                                                             Foto: Cemitério central de Nova Trento. Postagem Jonas Cadorin

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA -1960

110140621_929305667539138_8459132738185336737_o

GRÊMIO ESPORTIVO PINDORAMA – Colégio Normal Regional PIO XII – NOVA TRENTO
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE FEMININA :
Da esquerda para a direita as Sras : Vitoria Dalbosco Archer, minha saudosa irmã Ester Tonini Piazza, Sonja Piazera Archer, Marli Battisti, Aparecida Tridapalli Archer, Valéria Battisti Cipriani e Maria Aparecida Valle.
IDENTIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA EQUIPE MASCULINA :
Da esquerda para a direita os Srs. Celso Tirloni, José Nilo Valle, Tadeu Busnardo, José Ângelo Voltolini, João Bertotti e o saudoso Benjamim Grott.
FUNDAÇÃO – Na década de 1960, o então Diretor do Curso Normal Regional Pio XII, o saudoso Sr. Fioravante Marchi, fundou o Grêmio Esportivo Pindorama, voltado para a prática de Voleibol pelos alunos (as). Existiam duas equipes de voleibol, uma masculina e outra feminina.
DISPUTAS – Os treinos e as disputas amadoras com equipes de outros municípios do Vale do Rio Tijucas, eram realizadas na quadra existente no pequeno pátio atrás do prédio escolar.
TORCIDA – Nos domingos a tarde, eram realizadas partidas de voleibol, com outras equipes visitantes. O comparecimento dos assistentes era enorme, a torcida era fanática, o pátio ficava superlotado, enfim uma grande festa.
ANTIGAMENTE – A prática de voleibol em Nova Trento antiga, e era levada a sério. Todos queriam ser os titulares, quer da equipe masculina, quer da equipe feminina.
MUDANÇA DE LOCAL – Por questões de logística funcional e educacional, o Curso Normal Regional Pio XII, passou a funcionar nas dependências do antigo Grupo Escolar Lacerda Coutinho, hoje, E.E.B. Professor Francisco Mazzola, a partir de 1967.
DECAINDO – Aos poucos essa modalidade esportiva foi esmorecendo, devido alguns fatores, dentre os quais destacamos : os alunos (as) iam se formando, mudavam de cidade, casavam, e as disputas na região também deixaram de ter o seu encanto.
FOTOGRAFIA – Registro fotográfico realizado no pátio do atual Colégio E.E.B. Professor Francisco Mazzola, na década de 1960, dos times de voleibol masculino e feminino do denominado Grêmio Esportivo Pindorama, formado pelas alunas e alunos do antigo Curso Normal Regional Pio XII, que antes funcionava no antigo prédio, onde hoje está instalada a empresa de Móveis Marchi, situada à Rua Hippólito Eugênio Boiteux – Nova Trento – SC.
ACERVO FOTOGRÁFICO – Geltrudes Tirloni
SIGNIFICADO DE PINDORAMA – Nome de nossa terra atribuído por algumas tribos indígenas. Em tupi-guarani significa terra das palmeiras. Esse nome foi mais usado no período anterior à chegada dos portugueses ao Brasil (1500).
Texto e imagem: Godofredo Luiz Tonini(Facebook). Postagem: Jonas Cadorin

AIRES MANOEL RACHADEL e PAULINA KLOPPEL RACHADEL

thumbnail_20200723_101343

Aires Manoel Rachadel *10.08.1925  +18.01.2016  ex-prefeito de Nova Trento exerceu a função de 1961 a 1965 e também foi ex-vereador no período de 1959-1963, 1970-1973 e 1973-1977. Paulina Kloppel *11.04.1929 +14.08.2018 ex-primeira-dama, atuou como titular cartorária do Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas que leva seu nome no centro da cidade.escrivã do cartório de registro civil