1912 – BILHETE POSTAL DO MONUMENTO NOSSA SENHORA DO BOM SOCORRO

O monumento foi inaugurado 02 julho de 1912. Com a necessidade de abrigar as pessoas durante as cerimônias litúrgicas, nos anos de 1926-27 foi construída a primeira capela de 120m² sob a liderança do Pe. Lazaro Plebani . Treze anos depois, em 1939, sob a liderança do Pe. José da Poian , foi construída a capela atual que , em 1980 recebeu os anexos laterais. as duas primeiras capelas tiveram como mestre engenheiro Francisco Cadorin, os anexos foram executados pelo seu filho, Salvador Cadorin na época do inesquecível Pe. Cláudio Piva. Por muitos anos o monumento, depois santuário, foi a principal atração turística de Nova Trento. O Bilhete postal é uma prova da importância do monumento.

Foto: Centro de Documentação e Memória de Nova Trento. Postagem: Jonas Cadorin

1997- BANDA Pe. SABATTINI RECEPCIONA COMITIVA ITALIANA

Recepção da comitiva italiana no Santuário de Nossa senhora do Bom socorro em 10 de fevereiro de 1997, sob a regência do maestro Moisés Cipriani
Comitiva da Trentini nel Mondo visitando os empreendimentos da Província de Trento ( Vinícola, lacticínio…) em 10 de fevereiro de 1987. Da esquerda para a direita: Carlo Bassani, ,…, Sérgio Muraro, Ciro russo e Hélio Tridapalli

NOSSA SENHORA DO BOM SOCORRO- QUANDO ESTÁTUA DE METAL É PINTADA ?

ERA ASSIM – ORIGINAL
FICOU ASSIM ! Estátuas confeccionadas em metal até podem ser pintadas, porém perdem sua originalidade pois poderiam ser de gesso ou cimento ou qualquer outro material mais barato. A regra entre os artistas é deixar a obra na cor em que foi confeccionada, bustos e monumentos em metal permanecem na sua cor original.

Foto e postagem: Jonas Cadorin

ADULCI FELLER – ‘MUTCHO’

thumbnail_20200721_183056Adulci Feller, * 01.02.1937  + 21.05 2009. Solteiro, um devoto incondicional de Nossa Senhora do Bom Socorro, sempre acompanhava o saudoso padre Cláudio Piva  nas atividades que envolviam o santuário. Era muito comum encontrá-lo com um saco onde recolhia donativos para o santuário. No enterros e procissões  posicionava-se à frente carregando a cruz. Entusiástico admirador da banda padre Sabattini era o que inciava os aplausos após as apresentações seguido de um “VIVA Ô…” ao maestro. Marcou a comunidade por ser um cidadão de vida simples, sem estudos,sempre solícito, sem posses, sem segundas intenções , um homem adulto, de 72 anos, com alma de criança que viveu a fé cristã como orientação de vida.

Foto: Lápide do cemitério Central de Nova Trento. Postagem e comentário: Jonas Cadorin

Benfeitores do santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro: JOÃO VISENTAINER e JOÃO VOLTOLINI

João Visentainer                                               João Voltolini

COLABORADORES – S.N.S.B.S. – NOVA TRENTO – SC – 1889 – 2018  Nesses quase 120 anos de existência do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, muitas pessoas se destacaram pela dedicação e trabalho para que o Santuário sobrevivesse até os dias atuais.Esses devotos ajudavam na manutenção do seu dia a dia, participando na organização de festas lá realizadas prestando serviços de pedreiros e serventes de pedreiros no inicio de sua fundação e construção, entre outros.Estamos destacando dois personagens entre muitos que tiveram papel preponderante no início dessa caminhada religiosa:

JOÃO VISENTAINER : Foi zeloso guarda do Santuário por muitos anos, tarefa difícil a ser cumprida devido as dificuldades de toda ordem em especial a dos deslocamentos diários de sua residência para cuidar do Santuário, em virtude da estrada à época ser quase uma picada e ter quase 5 km de extensão morro acima, residia na localidade do Mato Queimado Debaixo ;

JOÃO VOLTOLINI : Um devoto diferenciado e de extraordinária importância no início da fundação do Santuário em 02/12/1899.À época da fundação do Santuário estava com 51 anos de idade; Era auxiliar do fundador do Santuário o Padre francês Alfredo Russel;Foi o pedreiro que no dia 09 de julho de 1901 construiu o pequeno nicho na pedra para colocar a imagem de Nossa Senhora do Bom Socorro onde seria celebrada a 1ª Santa Missa no Santuário, em 02/071902;Comandou a organização dos preparativos para a celebração da 1ª Santa Missa, realizada no dia 02/071902, dirigiu o coral Coração de Maria que cantou durante essa missa; Providenciou a alimentação para os devotos que compareceram para essa festividade, que consistia em xícaras de café e pão. Residia no Morro da Onça, posteriormente foi residir na localidade de Centro do Moura, município de Canelinha.Em 1950 estava com 92 anos, ano de comemoração do Cinquentenário de fundação do Santuário – 02/12/1899 – 02/12/1950.

Texto e fotografias: Godofredo L. Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

 

 

 

FAMILIARES DE SEMINARISTAS – S.N.S.B.S. – 1958

2019-03-27 07.48.48

Familiares de seminaristas que estudavam no Seminário São José da cidade de Castro – Parana, junto com o Diretor desse seminário o saudoso Padre Vital Bernini, num domingo de data desconhecida do ano de 1958, nas dependências do pátio do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, situado no Morro da Cruz na altitude de 525 metros.
Na primeira fila a esquerda para a direita encostados na pedra, os saudosos Srs. José Erbs, Jaime Voltolini e Horácio Raulino.
Na primeira flila da esquerda para a direita sentados, os saudosos Srs. Luiz Tomasi, Antonio Feller. (Tonho) e Francisco Cadorin.
Na segunda fila em pé da esquerda para a direita, os saudosos Padre Vital Bernini, Diretor do Seminário São José da cidade de Castro – PR., Elísio Tonini, meu pai e a saudosa Sra Dezola Voltolini Visentainer.
Na terceira fila em pé da esquerda para a direita, as saudosas Sras Bráulia da Silva Voltolini, Guidinha Tomasoni Voltolini, Maria Gorges Raulino, Albertina Tridapalli Erbs e Clodomira Alice Cobb da cidade de Castro – Pr, professora dos seminaristas.
A sra vestida de preto com a mão na frente da boca e rindo gostosamente de nome desconhecido, ao seu lado minha saudosa mãe Benta Battisti Archer Tonini.
Atrás de minha mãe na sequência as saudosas Iolanda Voltolini, Adelina Demonti Cadorin e Selina Voltolini Floriani, (Celene).
No meio das crianças com o chapéu na mão, o saudoso Sr. Antonio Voltolini (Toni).
As crianças apesar de conhecidas impossível nomina-las, devido não estarem em ordem regular.

Foto e comentário: Godofredo L. Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

1977 – CONVITE PARA INAUGURAÇÃO DO RESTAURANTE DO SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DO BOM SOCORRO

2019-03-15 15.04.09

Imagem do convite recebido pelo Sr. Honório  cedida pelo filho Cleber Battisti Archer. Padre Cláudio Piva sempre atuante no local  em que dedicou  parte de sua vida.  Interessante notar que a foto que ilustra o convite é uma vista panorâmica da cidade como se fosse  o olhar de nossa senhora abençoando seus  filhos ao pé do Morro da Cruz                                                                                                                                      Postagem: Jonas Cadorin

FESTA DE NOSSA SENHORA DO BOM SOCORRO – NOVA TRENTO

2018-02-23 15.28.42

As festas no Santuário eram muito frequentadas, a devoção a Nossa Senhora do Bom Socorro, era muito grande.Registro fotográfico de amigos, defronte a Casa dos Romeiros, participando de festa no Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, no município de Nova Trento SC. Foto da década de 1950 ou 60. Da esquerda para a direita: Albano Cadorin, Estanislau Gulini, Giácomo Tomazoni, Alfredo Hartke, sua esposa Lina e Ana Giacomini Demonti, as crianças são: no colo de sua mãe, Aldo, de blusa branca Oscar e Antonio (Toni). foto  extraída com autorização do Facebook de  Godofredo Toninni