FUNERAIS DE ANA DALRI -1945

A foto retrata o funeral de Ana Dalri, nascida aos 19 de setembro de 1874 (no Tirol/trentino).Solteira Morava num cômodo contíguo á casa de seu irmão Francisco Dalri, no início do bairro Baixo Salto. Aos dezessete anos sofreu um acidente doméstico, uma lesão no rosto, numa das faces. A lesão evoluiu para um carcinoma (um dos tipos de câncer de pele) que lhe consumiu lentamente o rosto. Na época a medicina pouco sabia a respeito da doença e até mesmo analgésicos eram pouco potentes para doenças graves. Os relatos da irmã Rosa Dalri, sua sobrinha, em entrevista a Lorena Polli, informou que seu rosto ficava sempre coberto com tecidos leves para esconder e proteger os danos que produzidos pela doença a ponto de a mandíbula ficar exposta. Segundo ela , mesmo padecendo de dores lancinantes nunca se ouviu um único lamento. A câncer evoluiu com metástase. Ficou cega. No final da de uma vida de dores faleceu aos 71 anos de idade com fama de santidade. Seu funeral movimentou a cidade. Na foto seu caixão branco(em geral eram pretos), faz alusão ao martírio a que foi submetida. Na lápide de sua sepultura está esculpida a palma das mártires virgens cristãs está entalhada no mármore. Ao fundo o estandarte da congregação Mariana. O caixão está sendo carregado pelas Filhas de Maria com seu uniforme branco. Algumas delas levam flores , velas e rosário nas mãos. O padre Liduvino Santino tem nas mão o livro das exéquias. O cortejo fúnebre está saindo da igreja matriz que ainda exibe suas antigas portas de madeira entalhada. No canto inferior esquerdo da foto aparece uma caixa de repique e a baqueta o que nos leva a crer que o cortejo foi acompanhado pela banda padre Sabatini com suas marchas fúnebres.
O túmulo de Ana Dalri tornou-se local de visitação e vários são os ex-votos colocados ali fazendo menção a graças recebidas.A jornalista Lorena Poli escreveu um livro sobre os santos de cemitério de Nova Trento intitulado Gracia Ricevuta(ainda não publicado). Se você que nos segue tiver alguma graça ou depoimento que possa enriquecer a pesquisa sobre Ana Dalri, por gentileza pode comentar no post ou enviar email jonascadorin@gmail.com.

Foto Fúnebre: album de familia de Terezinha Natalina Dalri. Foto da lápide: Lorena Poli. Informações coletadas do livro Gracia Ricevuta. Síntese e postagem: Jonas Cadorin

VIRGÍLIO BERTOTTI

No verso da foto do saudoso Virgílio está escrito:” LEMBRANÇA DA FORMATURA DE VIRGÍLIO BERTOTTI 1960″. Formatura no antigo Segundo Grau(Ensino Médio), no colégio Pio XII. Virgilio era filho de Alberto Bertotti(Tino) e Francisca Bottamedi Bertotti, residentes à rua Giácomo Poli, entrada para o bairro Salto

Foto: acervo da família Bertotti. Postagem: Jonas Cadorin

MARIA POLLI e IGNACIO VALLE

Maria Polii Valle *19.09.1919 +18.12.1999    Ignacio Valle (TóTo) *29.10. 1919  + 02.09.2001   Ignacio, mais conhecido pelo apelido de TÓTO, residia com a família na rua ao lado do colégio Francisco Mazzola. Marcou a infancia de muitos e muitas que compravam suas iguarias: puxa-puxa, pé de moleque (mole e duro), caquis… pessoas que na sua simplicidade deixaram sua contribuição à formação da identidade da cidade.                       Foto: lápide do cemiterio central. Postagem: Jonas Cadorin

CARNAVAL – S. R. HUMAITÁ – 1960

 

2019-03-18 22.15.09

‘Identificando os foliões (as) da esquerda para a direita : Nilce Tirloni Hartke, Selma Franzoi, Neli Tirloni, Lurdes Dalri (Lurdinha), Nilton Battisti (Nico) e Oscar Hartke.

Sentadas as saudosas Nelita Emília Valle, sua mãe Maria Poli Valle (Mariota), a terceira de nome desconhecido, a que aparece somente o rosto é a minha tia Cecília Tomasoni Archer (Tia Cila), que aparece bem no canto direito da fotografia na parte debaixo.

À época esses bailes carnavalescos eram muito animados, todos se conheciam e divertiam-se muito.

Detalhe, devido recomendação religiosa, no último dia de carnaval, ou seja, terça feira, os foliões só podiam dançar até a meia noite, sob pena de desrespeitarem as recomendações religiosas, além de serem sido advertidos pelos próprios pais de que se não fosse respeitada essa recomendação, os pais iriam busca-los no local do baile, especialmente as mulheres, o que seria considerado um vexame pelos os foliões, perante os seus amigos (as).

A própria sociedade promotora dos bailes carnavalescos, determinava o término do baile à meia noite de terça feira, para que tudo terminasse a contento.

A religião católica tinha muita influência à época sobre o comportamento das pessoas.’

Texto e fotografia: Godofredo L. Tonini. Postagem Jonas Cadorin

Casamento Egidio e Isaura Cucco

Casamento em Nova Trento

Foto do casamento de Egidio Cucco e Isaura Maffezzolli Cucco em Nova Trento.

Na foto, da esquerda para a direita: Francisco Cadorin, Adelina Cadorin, Isaura Maffezzolli Cucco, Edigio Cucco, pessoa desconhecida, José Poli

Da esquerda par direita Francisco Cadorin com a esposa Adelina Demonti Cadorim Noivos Isaura Mafessoli e Egidio Cucco, Maria Cipriani e Jose Poli

Colaboração: Alexandre Aldo Cipriani

Jovens Neotrentinos – Exército

Nova Trento

Jovens neotrentinos – Exército Segundo informações do Sr. Luiz Cucco, serviram em Florianópolis na Quinta Região Militar 14 BC.
Da esquerda p/ a direita: Luiz Cucco, Artur Sgrott, Manoel Trainotti, Mário Borati, Vital Sgrott e Augusto Minatti.
Sentados na mesma ordem: Durval Bonecher, Hilário Poli, Cláudio Maçaneiro ( no violão) Luiz Zandonai ( na gaita de boca) e
Armando Zé Pedro.
Ingressaram na corporação em: 13 de janeiro de 1947.
Deram baixa em: 09 de fevereiro de 1948.

Acervo: Luiz Cucco         Colaboração: Alexandre Aldo Cipriani

Banda Musical Padre Sabbatini – Década de 1960


Banda Padre Sabbatini

Banda Musical Padre Sabatini – Década de 1960

A direita João Cadorin – Baixo
A esquerda Bernardo Ruberti – Baixo
Luiz Tridapalli, de Chapéu – pistão
Assis Cadorin – Trompa
José Cadorin – Tromboni
Filinto Valle – Clarinete
Fernando Cadorin – Trompa
Orides Poli – Clarinete
Aprízio Botamedi – Clarinete
Inácio Botamedi – Pistão
Luiz Tomasi –
Virgílio Tomasi – Trombone
Lino Cadorin – Bumbo
Jordão Cadorin – Clarinete
Outras pessoas que aparecem na foto
Da direita para a esquerda:
Nicolau Bado, João Valle, Francisco Cadorin, Oscar Valle……..
Colaboração: Alexandre Aldo Cipriani

Papai Noel Lilim visitando a Rua Florianópolis – Nova Trento.

Papai Noel e Lilim visitando a Rua Florianópolis

Papai Noel Lilim Demonti  – Nova Trento.

Da esquerda para a direita ao fundo: Paládio Feller, Gentil Franzoi, Mutcho, Lilim, Aldírio Franzói. Não temos a identificação das crianças, se alguém souber, informe ao site fazendo um comentário no ‘ balãozinho’ no alto, a direita da foto ou enviando e-mail para alferont@gmail.com

No centro abaixo esquerda, Doralicio  J. Dalsenter, centro frente Márcio Poli, frente atras Josemar Voltolini. Esta foto foi tirada na frente da venda e cancha Voltolini. A casa nos fundos de Inácio Minatti e anterior morava Cecilia Raizer Muller de Dico Delantonio. (Colaboração das informações Dorival Afonso Dalsenter).

Foto: Kelem Archer

Reprodução: Jonas Cadorin

Formatura do Curso de Corte e Costura – CEIC, Centro, Nova Trento.

Formatura do curso de corte e costura – CEIC, Centro, Nova Trento.

Formatura do curso de corte e costura – CEIC, Centro, Nova Trento.

Da esque. Direita – fila frente – Clarisse Bonecher Marchi, Otilia Marchi, Irmã Erci, Inês Valle, Lurdinha Vargas, Vitalina Vicentini, Dete Batisti Archer, Bonecher,

Fila de trás esquerda direita – …………., Terezinha Tridapalli, ………, Poli, ……….., Irani B. Trainotti, ………..

Foto: Vitalina Vicentini Piva

Reprodução: Cindy Ane Maffezoli