1964 – OS METRALHAS

Da esquerda para a direita : O saudoso Isaías Tomasi, Antonio Gullini, Célio Valle, Sálvio Osmar Tonini, o saudoso Antonio Tomasi (Toninho), Inácio Marchi, e o saudoso Julcemar Guedes.

Crianças : algumas das crianças da esquerda para a direita : O saudoso Ari Antonio Bottamedi com a mão na orelha, Gilson Ceccato que aparece somente parte do rosto, Ademar Maçaneiro (Maninho, ao centro de camisa estampada), Ilson Assis Valle (Chico), Salvador Afonso Sgrott e Cesar Augusto Dell’Antonio.

O Sr de chapéu que está na janela observando as crianças dançarem é o saudoso Sr. João Gessele (Joanin) e o personagem que aparece num quadro moldurado é o saudoso Sr. Ador Dalbosco, que foi um dos presidentes da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H

Na época da Jovem Guarda quando começaram a surgir inúmeros conjuntos musicais pelo Brasil afora, a cidade de Nova Trento – SC., também tinha os seus conjuntos musicais destacando-se entre eles Os Metralhas e depois Os Batuskelas formado por jovens neotrentinos. Esses conjuntos animavam os bailes nos sábados à noite, as tardes dançantes de domingo e na época do carnaval os bailes carnavalescos na Sociedade Recreativa Humaitá e Sociedade Recreativa Primavera.

Na fotografia vemos o Conjunto musical Os Metralhas animando o carnaval infantil do ano de 1964, nas dependências da sede social da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H. – Nova Trento – SC.

da esquerda para a direita : O saudoso Isaías Tomasi, Antonio Gullini, Célio Valle, Sálvio Osmar Tonini, o saudoso Antonio Tomasi (Toninho), Inácio Marchi, e o saudoso Julcemar Guedes.

CRIANÇAS : Identificando alguma das crianças da esquerda para a direita : O saudoso Ari Antonio Bottamedi com a mão na orelha, Gilson Ceccato que aparece somente parte do rosto, Ademar Maçaneiro (Maninho), Ilson Assis Valle (Chico), Salvador Afonso Sgrott e Cesar Augusto Dell’Antonio.

O Sr de chapéu que está na janela observando as crianças dançarem é o saudoso Sr. João Gessele (Joanin) e o personagem que aparece num quadro moldurado é o saudoso Sr. Ador Dalbosco, que foi um dos presidentes da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H

Fonte:Godofredo L. Tonini (in perfil Facebook) Postagem Jonas Cadorin

MÚSICOS DA BANDA PADRE SABBATINI 1950-1960

Precioso registro fotográfico da Banda Musical Padre Ângelo Sabbatini, fundada no dia 08/10/1889, possivelmente realizado entre as décadas de 1950 e 1960.
Pelo local onde os músicos e alguns assistentes encontram-se embaixo de uma barraca, o registro fotográfico deve ter sido realizado durante breve descanso quando da apresentação da banda abrilhantando festividade de local desconhecido e sem data definida.
Sentados da esquerda para a direita : O Srs. Luiz Virgílio Tomasi(bombardino), Conradi, Arthur Sgrott ( clarinete), João Valle, Jordão Cadorin e Aprígio Bottameli (clarinete), desconhecido, Francisco Cadorin(trompa), Fernando Luiz Tomasi (trompete), e Fernando Cadorin(trompa).
Em pé da esquerda para a direita : Desconhecido, Assis Cadorin(trompa), Virgílio Tomasi(trombone), Ricardo Piazza(bumbo), desconhecido. Antônio Guedes com o Chocalho, encoberto está o baterista Mario Ceccato e João Cadorin (baixo tuba).

Fonte : Godofredo Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

Di sei de jenar: ancoi lé l’di dei Re Magi

Dia seis de janeiro: hoje é o dia dos Reis Magos. Dia dia de aproximaras estatuedas dos Reis Magos do menino Jesus no presépio. Hoje também é o último dia do presépio. Uma tradições trazidas pelos tirolezes/trentinos que colonizaram Nova Trento foi a tradição do Canto da Estrela (dos stellari). Consisita em fazer serentas de natal indo nas casa com os personagens dos reis seguinto uma estrela e cantando canções que , hoje sabemos, remontam ao século XVII. Os últimos Stellari , antes do grupo dos Pargoleti, foi o grupo liderado por Virgílio Tomasi com musicos como Vick Cadorin, Artur Sgrott, João Cadorin, Dimas Tell entre outros, com Guilherme Darós, Antônio(Tóni) Cipriani, Elói Tell vestidos de reis. De 2007 em diante o grupo I Pargoleti vem mantendo a tradição . (acesse o http://www.ipargoleti.blogspot.com e confira 13 anos de serenatas)

Guilherme Darós, Elói Tell e Atônio Cipriani
Stellari Pargoleti
A benção dos reis: Christus Mansionem Benedicat
O Monograma traz os dois primeiros algarismo do ano, a inicial de Caspar(Gaspar), Melchior e Baltazar e os dois algarismos finais do ano que vai inciar escritos sobre entrada da porta da residência visitada

Fotos e postagem: Jonas Cadorin

LUIZ VIRGÍLIO TOMASI

2019-06-17 17.25.24

Da esquerda para a direita : O saudoso Isaías Tomasi, Dante Mendonça, Antonio Tomasi (Toninho) e Gisselda Tomasi. Sentado na bicicleta o saudoso Prefeito Municipal, Sr. Luiz Virgílio Tomasi. A fotografia foi tirada defronte a uma das residências de propriedade da família do saudoso Sr. Luiz Tridapalli, já demolida, no Bairro Besenello. Registro fotográfico de amigo e familiares do saudoso Prefeito Municipal de Nova Trento , Sr Luiz Virgílio Tomasi, que administrou o nosso município de 22/03/1950 a 31/0/1951.
Acervo fotográfico : Gisselda Tomasi. Comentário Godofredo L. Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

FAMILIARES DE SEMINARISTAS – S.N.S.B.S. – 1958

2019-03-27 07.48.48

Familiares de seminaristas que estudavam no Seminário São José da cidade de Castro – Parana, junto com o Diretor desse seminário o saudoso Padre Vital Bernini, num domingo de data desconhecida do ano de 1958, nas dependências do pátio do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, situado no Morro da Cruz na altitude de 525 metros.
Na primeira fila a esquerda para a direita encostados na pedra, os saudosos Srs. José Erbs, Jaime Voltolini e Horácio Raulino.
Na primeira flila da esquerda para a direita sentados, os saudosos Srs. Luiz Tomasi, Antonio Feller. (Tonho) e Francisco Cadorin.
Na segunda fila em pé da esquerda para a direita, os saudosos Padre Vital Bernini, Diretor do Seminário São José da cidade de Castro – PR., Elísio Tonini, meu pai e a saudosa Sra Dezola Voltolini Visentainer.
Na terceira fila em pé da esquerda para a direita, as saudosas Sras Bráulia da Silva Voltolini, Guidinha Tomasoni Voltolini, Maria Gorges Raulino, Albertina Tridapalli Erbs e Clodomira Alice Cobb da cidade de Castro – Pr, professora dos seminaristas.
A sra vestida de preto com a mão na frente da boca e rindo gostosamente de nome desconhecido, ao seu lado minha saudosa mãe Benta Battisti Archer Tonini.
Atrás de minha mãe na sequência as saudosas Iolanda Voltolini, Adelina Demonti Cadorin e Selina Voltolini Floriani, (Celene).
No meio das crianças com o chapéu na mão, o saudoso Sr. Antonio Voltolini (Toni).
As crianças apesar de conhecidas impossível nomina-las, devido não estarem em ordem regular.

Foto e comentário: Godofredo L. Tonini. Postagem: Jonas Cadorin

HUMAITÁ- BAILE DE CARNAVAL -1970

2019-03-26 11.47.34

Érico Bianchini (Neco), Maura Carolina Floriani Kortelt, rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, seu primo Nelson Visentainer e Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970.

2019-03-26 11.22.50

Na frente da esquerda para a direita: de nome desconhecido, a rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, Maura Floriani Kortelt, seu esposo Osni Kortelt. Na fila de trás : Dilva Boso, Clarinda Tomasi, desconhecida, Judite Valle e José do Patrocinio Montibeller (Dedé). No canto superior a esquerda Elias Minatti.

2019-03-26-11.30.26[1]

Registro fotográfico de um dos três bailes carnavalescos realizados na sede social de propriedade da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H., no ano de 1970.O prédio dessa sociedade localizava-se defronte ao seu campo de futebol, situado à Rua Prefeito Municipal Nicolau Bado. Da esquerda para a direita : ? Bottamedi, Hermes Plácido Mazzola, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970, seu esposo Emanuel Battisti Archer (Nelo) e Marinho Tomasi.

2019-03-26 11.27.19

O saudoso Sr. Carlos Tridapalli (Nene), a saudosa Sra Lina Carmelina Tomazoni, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, os saudosos Sr. Glauco de Souza, sua esposa Sra Neide Tolomeotti de Souza e Orlandina Luchtemberg. Atrás mais a esquerda da fotografia, Tadeu Busnardo.

2019-03-26 11.35.55

 Na frente, da esquerda para a direita, Rosemira Montibeller (Miroca), Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, seu cunhado Osni Kartelt e Liria Cadorin Marchi. Atrás, bem a esquerda, Roberto Valle ( Betharra).

2019-03-26 11.32.28

Da esquerda para a direita ; O saudoso Jango Feller, ? Floriani, a saudosa Sra Selina (Celene) Voltolini Floriani, Emanuel Battisti Archer (Nelo), Armi Zilda Floriani, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, Leonir Feller, desconhecido, Vilma Feller e desconhecido.

Fotos e texto: Godofredo L. Tonini. Postagem Jonas Cadorin

 

 

 

FESTA JUNINA DO COLÉGIO FRANCISCO MAZZOLA – DÉCADA DE 1970/80

2019-03-13 14.19.45

Professora Cleonice Tomasi sempre presente com seu talento para os esporte e as artes.

2019-03-13 14.21.362019-03-13 14.23.232019-03-13 14.25.30

festa junina no pátio do Colégio Francisco Mazzola .   A Criatividade das professoras superava qualquer dificuldade. Não havia aluguel de  trajes típicos e todos se sentiam inseridos  nas brincadeiras.  Na foto acima é possível  visualizar o tênis CONGA, calçado unissex que  fez parte das memórias afetivas de gerações.

Foto: acervo Colégio Francisco Mazzola. Postagem Jonas Cadorin