IRMÃ GERTRUDES CADORIN *13/10/1929 + 23.04.2020

thumbnail_20200424_132528

Filha de Jordão e Ines Cadorin, viveu 65 anos os votos religiosos ( pobreza, castidade e obediência) como irmã na Congreção das Irmanzinhas da Imaculada Conceição. Trabalhou como missionária e os últimos 15 anos na comunidade das irmãs no bairro do Vígolo onde vivenciou o processo de beatificação e canonização de madre Paulina e a cosntrução do santuário. Era irmã da irmã Célia Cadorin(postuladora da causa de beatificação falecida também aos 90 anos em 29.07.2017) e do padre Claúdio. Faleceu aos 90 anos de causas naturais.

Foto: santuário Santa Paulina. Postagem: Jonas Cadorin

PONTE MADRE PAULINA -1977

thumbnail_20200320_132651thumbnail_20200320_132817

Substiuindo um pontilhão de madeira, a ponte contruida em 1977 resiste ao forte movimento da atualidade. Fica próxima a réplica do casebre que abrigou a cancerosa e as tres primeiras irmãs.

Foto: Fidelis Dalcim Barbosa, in  “A Coloninha”. Postagem: Jonas Cadorin

VÍGOLO EM 1967

thumbnail_20200320_111555thumbnail_20200320_133035 (1)

Vista das imediações da igreja de São Jorge, bairro Vigolo, no ano de  1967. Tudo começou a mudar rapidamente com a beatificação e santificação de Madre Paulina.

Foto: Fidélis Dalcin Barbosa in ‘A Coloninha’ editado em 1967. Postagem: Jonas Cadorin

Bairro Vígolo

Vigolo Bairro Vígolo, Nova Trento – Santa Catarina.

Vista para Capela Nossa Senhora de Lourdes, localizada atualmente no Santuário de Santa Paulina.

ospedaletto ou hospitalzinho da Santa Paulina (onde hoje existe a réplica) já existia neste retrato, e pode ser visto ao centro da foto, entre as árvores.

Colaboração: Banda Musical Padre Sabbatini