1975 – DISPENSA DE INCORPORAÇÃO DO SERVIÇO MILITAR

Cerimônia de dispensa de incorporação do serviço militar em 22 de abril de 1975, na prefeitura. Da esquerda para a direita: Luís Borgonovo, padre vigário Otmar, vereador Aires Rachadel, coronel chefe da 16ª região Guido Alfredo Heiler, tenente Widman Wallis Muller, prefeito Eurides Batistti, vereador Ari Sgrott. recebe o certificado o jovem José Antônio Sartori
Da esquerda para a direita: Célico Pascoal Mazolla padre vigário Otmar, vereador Aires Rachadel, coronel chefe da 16ª região Guido Alfredo Heiler, tenente Widman Wallis Muller, prefeito Eurides Batistti, vereador Ari Sgrott
Artur Sgrott, Gastão Córdova, prefeito Eurides Batistti
Juramento à bandeira dos dispensados. Elói Tell, responsável pela Junta militar Municipal segura a bandeira. Atrás, Luís Borgonovo(Goiaba)
Rogério Bottamedi recebe o certificado de dispensa das mãos do Cel. Guido Alfredo Heiler,

22.08.1974 – CHEGADA DO FOGO SIMBÓLICO

Atletas neotrentinos trazendo a tocha com o fogo simbólico passado defronte ao casarão da família Tell, Salamanca, Giacomelli…
Prefeito Eurides Batitti recepciona, juntamente com alunos do colégio, a tocha com o fogo simbólico que é homenageado na praça , defronte ao coreto municipal

Fonte: Relatório da Junta Militar Municipal de Nova Trento,1974. Arquivo do Centro de Documentação e Memória de Nova Trento. Postagem: Jonas Cadorin

1992 – MAIS PARTICIPAÇÕES NO PROGRAMA NAÇÕES UNIDAS

06 de novembro. Vitória sobre a equipe da Grécia. Na foto: Saul Rover com o troféu, Dione Cadorin, Natal Tomasoni,de chapéu, Maria do Carmo Tridapalli
Derrota para Suíça, 20.11.92 . Mesmo com a derrota uma equipe que não se deixava abater: Eliomar, Lili Piva, Dhjeca Montibeller, Neide Boso Cadorin, Mércio Bastiani, Aloisio Lenzi, Ademir Rover, Dallabrida,
16.101992. Vitória sobre a equipe do Chile. Da esquerda para a direita:…,…, Valetim Marcolla, Nazareno Tridapalli, Natal Tomasoni, Saul José Rover
16.08.92 vitória sobre a equipe de Israel. Prova do pisar as uvas: Neide Boso cadorin, Kátia Rover… Gugu,…
18.09.92 Derrota para a equipe do Japão. Da direita para a esquerda: Ramon Tridapalli, Valdirene Dalabrida, Nazareno Tridapalli, Jovani Tamanini, Jonas Cadorin, Gugu Liberato e equipe do Japão
18.09.92 derrota para o Japão. Ramon Tridapalli na prova de reconhecimento das nacionalidades

Fotos : arquivo pessoal Jonas Cadorin

1974 -FUNDAÇÃO DO CORAL SÃO VIRGÍLIO

O coral foi fundado elo irmão jesuíta Guido Lawisch no ano de 1974. A foto acima é do dia 26.10.1975 quando o coral se apresentou na missa da TV Difusora de Porto Alegre e no santuário do Sagrado Coração de Jesus em São leopoldo.
23.05.1976 -Coral são Virgilio se apresentou na capela de Boa Vista, Santa Cruz do Sul, por ocasião dos votos perpétuos do Ir Guido.
23.05.1976 – Ir. Guido com sua mãe e irmã. Além dos coralistas se fizeram presentes o prefeito Eurides Battisti e o padre vigario Otmar

Colaboração: album de família da Srª Lauda Cadorin Sartori. Postagem: Jonas Cadorin

2000 – PEDRA FUNDAMENTAL DA CAPELA MORTUÁRIA

Até o ano 2000 o costume de velar os defuntos era feito em casa,em geral na sala. Os mais antigos fazia a ‘eça’ utilizando uma porta da casa, apoiada sobre duas cadeiras enquanto o caixão era confeccionado e forrado com tecido preto ou branco na casa de algum marceneiro da cidade . Com o advento das funerárias na década de 1970, os caixões começaram a ser padronizados e acrescidos de adereços ou detalhes que faziam com que o preço oscilasse de acordo com o gosto e as posses dos familiares. O cortejo fúnebre saia da casa do falecido até a igreja matriz. Depois da missa de corpo presente era conduzido ao cemitério levado por familiares.( Tempo mais tarde pelos carros funerários. )A procisão era encabeçada por alguém carregandouma cruz( o ‘Duci Mutcho’ fez esta função por muitos anos), em seguida o caixão seguido do padre, familiares e muitas vezes pela banda padre Sabattini. No ano de 2000, no mandato do prefeito Saul Jose Rover e seu vice Jorge Bruno Ferrarro,(1997-2000), foi lançada a pedra fundamental da atual capela mortuária nas imediações do cemitério municipal. O projeto foi assinado pelo engenheiro Alfredo Cadorin. Desde então, os velórios acontecem neste local que dispoe de toda a estrutura para acolher os familiares e amigos que se reunem para prestar as últimas homenagens aos seus entes queridos.
Assinando a ordem de serviço, o vice prefeito Jorge B.Ferraro. Atrás o padre José Vollmer, Luiz Feller(Didi), Alvaro Polli

Fonte e postagem: arquivo pessoal Jonas Cadorin

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL PEQUENO POLEGAR – MORRO DA ONÇA – 1987

Inauguração da escola de Educação Infantil ‘Pequeno Polegar’ em julho de 1987 no bairro Morro da Onça. A cerimônia de inauguração iniciou com um missa na capela do bairro celebrada pelo padre Beno Brod. A seguir, na entrada da escola foram executados os hinos e discursos por parte das autoridades. A obra foi realizada durante a gestão do prefeito Eurides Battisti e Artur Sgrott.

Na próxima postagem , novas fotos do evento.

Postagem: acervo pessoal Jonas Cadorin

CONJUNTO OS INSUPORTÁVEIS

De cócoras o saudoso Prefeito Municipal Sr. Aires Manoel Rachadel, que administrou o município de 1961 a 1965;
1ª fila : da esquerda para a direita : os saudosos Srs. Arthur Sgrott (clarinete), Aldo Bastiani (acordeon), Adulce Silva (pandeiro), Lino Cadorin(chocalho), Eloy Jose Tell e Rubens Darossi.
2ª fila : da esquerda para a direita : o saudoso Sr. Filinto Valle (clarinete), Dimas Tell (chocalho), o saudoso Sr. Jaime Voltolini (cavaquinho) e Aníbal Motta (acordeon)
A foto abaixo é do Conjunto Musical “Os Insuportáveis” formado por músicos neotrentinos, quase todos com passagem pela Banda Musical Padre Angelo Sabbatini.
Estavam abrilhantando uma festa caipira provavelmente no Colégio Estadual Professor Francisco Mazzola.
Esse conjunto de Insuportável não tinha nada, muito pelo contrário, era famoso e sempre requisitado para todas as festividades.
Foto e comentários: Godofredo L. Toninni Postagem : Jonas Cadorin

CÂMARA DE VEREADORES GESTÃO 1989 – 1992

Sentados, da esquerda para a direita: Valdemir luiz Quaiatto, Pedro Piva Junior (Pedrinho, vice prefeito) Rogério ( Géio) Bottamedi, Janari piva .
De pé da esquerda para direita: Valentim José Marcolla, Alinor Gualberto Muller, Dorvalino Pereira, Jorge Bruno Ferraro, Saul José Rover (prefeito gestão 1989-1992), Sandra Eccel Rachadel, , Luiz José Borgonovo (Gioaba).

Fonte: Informativo da paróquia São Virgílio, janeiro 1989 – Postagem Jonas Cadorin