1995- CASA PAROQUIAL – SEMINÁRIO

Padre Ludovino Santini com um grupo de seminaristas menores diante da casa casa paroquial dos padre jesuítas em Nova Trento . Os seminaristas vestem uniforme escolar com as insígnias da Cruzada Eucarística ou Congregação Mariana (a falta de nitidez da foto não preminente precisar ). No frontispício da casa o monograma JHS – Iesus Hominum Salvator” (Jesus Salvador dos Homens). Este monograma é formado pelas três primeiras letras da palavra Jesus em Grego, Ihsus. O símbolo foi criado por São Bernadino de Sena, no século XV, e posteriormente foi adotado por Santo Inácio de Loyola, em meados do século XVI. A casa localizava-se na lateral esquerda da atual igreja matriz e iniciava onde está construída a casa do ex prefeito Santino Ludovino Voltolini. Próximo ao poste da iluminação pública está afixado um quadro com a imagem do, então papa, Pio XII ( pontificado de 1939-1958)

Foto: Padre Flavio Feller. Postagem e comentário: Jonas Cadorin

CONGREGAÇÃO MARIANA – NOVA TRENTO – SC – 1901

43266169_508283219641387_6531217790475436032_n

“Registro fotográfico realizado diante da porta lateral da Igreja Matriz de São Virgílio, da cidade de Nova Trento SC.
da esquerda para a direita, na frente o Sr. Zelino Hoffmann, Padre José da Poian e Almir Feller, todos falecidos, atrás da esquerda para a direita, o saudoso Sr. Arthur Sgrott, os demais desconhecidos. Todos estavam usando a fita de congregado mariano.
O saudoso Sr. Almir Feller, faleceu vitima de um acidente de trabalho, acontecido na curva do Morro do Canhete ou da Cascata, onde hoje se localiza a Ferraria do Sr. Marinho Erbs, trabalhava com uma máquina de esteira, e esta caiu sobre ele, soterrando-o, era funcionário da nossa Prefeitura Municipal.CONGREGAÇÃO MARIANA – NOVA TRENTO – SC – 1901
A Congregação Mariana é uma associação pública de leigos católicos. É formada por cristãos católicos que procuram seguir melhor o Cristianismo através de uma vida consagrada à Mãe de Deus, a Virgem Maria.
A Congregação Mariana, no Brasil foi fundada na Bahia em 1583, pelo Beato José de Anchieta.
Em 1901, segundo o relato do Padre Arcângelo Ganarini, que esteve visitando o município de Nova Trento – SC., após 16 anos de sua saída, já estava implantada a Congregação Mariana, formada por jovens neotrentinos, hoje, não existe mais.”
Foto e comentário: Godofredo Tonini.   Postagem Jonas Cadorin