DESFILE DE 7 DE SETEMBRO 1977 – GRUPO ESCOLAR LACERDA COUTINHO

2020-01-30 15.03.152020-01-30 15.04.48

Desfile cívico de 7 de setembro do ano de 1977 do Grupo escolar Lacerda Coutinho ( local da foto: defronte a igreja matriz tendo ao fundo o prédio da antiga prefeitura) Nos moldes do desfiles militares , os colégios de todo Brasil organizaram , durante a ditadura militar, marchas cívicas que primavam pela organização em pelotões com temas variados e em ritmo de marcha  marcado por uma fanfarra. O evento era preparado nos meses julho e agosto com exaustivos ensaios de marcha, bem como ensaios dos músicos que compunham a fanfarra ( surdos, bumbos, caixas de repique, cornetas/ pistons). No alvorecer do dia sete, no alto do morro do cemitério municipal era entoado o toque de alvorada seguido por fogos que simulavam tiros de canhão. O desfile refletia a máxima positivista do lema da bandeira: ordem e progresso. após o desfile os alunos eram  brindados com uma garrafinha de refrigerante (laranjinha Max willen) e um pão doce (massinha) confeccionado geralmente pela padaria do sr. Bernardo Tell.

Fonte: arquivo do colégio Francisco Mazzzola, postagem e comentários: Jonas Cadorin

1920-1924 (todos eram solteiros)

 

Da esquerda para direita:

Em cima: Guilherme Fachini, Luiz Dalri, Senador Batistoti, José Feller, Francisco L. Sgrott, Jordão Cadorin, Carlos Piazza e Domingos Darós.
Em baixo: Bernardo Tell   Egídio Voltolini   desconhecido  Altorin Piazza   Marcial Valle   Luiz Tomasi.

Colaboração: Oscar Lino Sgrott

Um sete de setembro

2018-07-27 13.12.51

Um desfile de Sete de setembro na década de 1960. Ao fundo o prédio da antiga prefeitura e o bar e padaria, o bar Central, do Sr. Bernardo Tell. Clicando sobre a foto para amplia-la,é possível identificar pessoas como Marcos Mazzola, ao lado do padre Vigor(?), Aires Rachadel, Valentim Borgonovo. Logo atrás a banda padre Sabattini com músicos conhecidos como: os irmãos João, Francisco e Jordão Cadorin, Virgílio e Luiz Tomasi…                                                                                                                                         Postagem: Jonas Cadorin, arquivo fotalgráfico do colégio Francisco Mazzola

 

2018-07-27 13.15.37

Pelotão das bicicletas. A bicicleta foi um dos veículos  que antecedeu a chegada dos automóveis na cidade. Das marcas importadas da Suécia , Alemanha , Estados Unidos como Göerick, Marathon, Prosdócimo, Lucifer , Columbia, Hermes,Calói, Monarch… nas versões masculina e feminina eram o sonho de consumo de jovens e adultos e encurtavam distãncias nas estradas de chão que eram percorridas a pé, carroça ou carro de boi.

2018-07-27 13.18.02

Presença da Irmanzinhas da Imaculada Conceição com a bandinha de crianças do jardim da Infância Pe. Rossi. ( seria a Irmã Rosarita , na foto?)

2018-07-27 13.20.45

2018-07-27 09.09.402018-07-27 08.56.15

Banda Padre Sabbatini

Eloy

 

Durante muitos anos os músicos da banda Padre Sabbatini animaram os concorridos bailes de carnaval que eram realizados em noites alternadas na sociedade Recreativa Humaitá e Primavera. Na foto os trombonistas dão uma pausa para ‘lubrificar’ a garganta! Tempos bons!  Alegria sincera.

Da esquerda para a direita: Aldo ‘alemão’, (?)Gallotti, Eloy Tell e José Cadorin

Foto acervo Banda padre Sabbatini e Foto Carlinhos