HUMAITÁ- BAILE DE CARNAVAL -1970

2019-03-26 11.47.34

Érico Bianchini (Neco), Maura Carolina Floriani Kortelt, rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, seu primo Nelson Visentainer e Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970.

2019-03-26 11.22.50

Na frente da esquerda para a direita: de nome desconhecido, a rainha da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1969, Maura Floriani Kortelt, seu esposo Osni Kortelt. Na fila de trás : Dilva Boso, Clarinda Tomasi, desconhecida, Judite Valle e José do Patrocinio Montibeller (Dedé). No canto superior a esquerda Elias Minatti.

2019-03-26-11.30.26[1]

Registro fotográfico de um dos três bailes carnavalescos realizados na sede social de propriedade da Sociedade Recreativa Humaitá – S.R.H., no ano de 1970.O prédio dessa sociedade localizava-se defronte ao seu campo de futebol, situado à Rua Prefeito Municipal Nicolau Bado. Da esquerda para a direita : ? Bottamedi, Hermes Plácido Mazzola, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval do ano de 1970, seu esposo Emanuel Battisti Archer (Nelo) e Marinho Tomasi.

2019-03-26 11.27.19

O saudoso Sr. Carlos Tridapalli (Nene), a saudosa Sra Lina Carmelina Tomazoni, Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, os saudosos Sr. Glauco de Souza, sua esposa Sra Neide Tolomeotti de Souza e Orlandina Luchtemberg. Atrás mais a esquerda da fotografia, Tadeu Busnardo.

2019-03-26 11.35.55

 Na frente, da esquerda para a direita, Rosemira Montibeller (Miroca), Armi Zilda Floriani Battisti Archer, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, seu cunhado Osni Kartelt e Liria Cadorin Marchi. Atrás, bem a esquerda, Roberto Valle ( Betharra).

2019-03-26 11.32.28

Da esquerda para a direita ; O saudoso Jango Feller, ? Floriani, a saudosa Sra Selina (Celene) Voltolini Floriani, Emanuel Battisti Archer (Nelo), Armi Zilda Floriani, rainha do carnaval da Sociedade Recreativa Humaitá do ano de 1970, Leonir Feller, desconhecido, Vilma Feller e desconhecido.

Fotos e texto: Godofredo L. Tonini. Postagem Jonas Cadorin

 

 

 

Casamento Barauna

 

Casamento Barauna

Da esquerda para direita:

Desconhecida, Oscar L. Sgrott, desconhecida, desconhecida, duas crianças desconhecidas, Antônio Barauna, Rosalina Boso, Zélia Utekosk, Anastacio Barauna, Osmar José Sgrott (Pinho), desconhecido, Fátima Maria de Lourdes Dell’Agnolo, Katia Dell’Agnolo e Valentin Dell’Agnolo

Colaboração: Oscar Lino Sgrott

Santa Luzia passou por aqui com seu cavalinho comendo capim.

Dia 13 é dia de Santa Luzia, virgem e mártir do terceiro seculo da cristandade. A devoção a Santa protetora da visão foi trazida a Nova Trento pelos imigrantes trentinos. Na véspera de sua festa as mães incentivavam as crianças a colocar um pouco de capim num prato e deixar sobre a mesa antes de dormir. De noite santa Luzia passava e levava o capim para o cavalinho e deixava bolachas pintadas de presente. ” Santa luzia mamma mia. che se la mamma non la ghe mete, resta vôte le scudelete! ( Santa Luzia, minha mãe. Se a mãe não coloca alguma coisa ficarão vazios pratinhos’.) (Fonte Blog I Pargoleti)

sta luzia

Outra versão:

“Santa Luzia, mamma mia
porta roba a casa mia
se la mamma nol ghe met
resta vuot le scudelete
e la borsa del papà
piena piena venerà”. (Fonte: Misael Dalbosco)

Amanhã, dia 12/12/2013, véspera da Santa Luzia será feita a distribuição de bolachas na rua principal da Velha.

Uma linda ação organizada pela Dona Neide Boso Cadorin, que se encarrega recolher patrocínio e da montagem dos pacotes de bolachas de Natal. O Gruppo I Pargoleti também irá participar da ação. Juntos, eles contribuem para reviver e preservar a tradição que os nossos antepassados trouxeram e nos ensinaram com tanto carinho.

Santa Luzia