Memórias do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro – Nova Trento – SC Por Padre Lidvino Santini

 

Memórias do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro – Nova Trento – SC Por Padre Lidvino Santini S. J.

Morro da Cruz

Quando em 03 de janeiro de 1903, Angelino Ricci, sobrinho do P. Luiz Rossi, chegado em visita da Itália, presenciou uma dessas procissões cerradas de telhas, ficou sumamente encantado; e ao Padre Russel, que avançava ao seu lado, levando também a sua telha, poude externar os seguintes conceitos, que não posso deixar de os traduzir aqui já que tão bem exprimem uma verdade, que não se deverá nunca esquecer entre os homens.

Dizia, pois Angelino: “É verdade, todos os homens terão de aprender a viver em harmonia entre si e a sentir-se, moralmente, na obrigação de contribuir com seu algo de bom para a comunidade, de que fazem parte. Cada um de nós terá alguma coisa de pessoal e diferente a contribuir, e por pequena e insignificante, que essa contribuição pareça, nem por isso deixará de ser benéfica para todos. Se obedecermos constantemente a este preceito, poderemos estar certos de que, quando a morte chegar, nos sentiremos perfeitamente satisfeitos com a maneira, pela qual conduzimos nossa vida”. E apontando aquela procissão de carregadores voluntários: “Lá está a coragem, a resistência e a confiança, uma confiança inabalável – a vontade de viver o dia-a-dia da vida, a capacidade de aceitar e sobretudo de crer”.

Em breve as Memórias do Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, estará disponível no site http://www.alfero.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s